Consenso e dissenso no PT | Fábio Campana

Consenso e dissenso no PT

Enquanto o PT estadual não elege o sucessor do deputado federal André Vargas na presidência do partido, ele comemora o consenso na eleição dos principais diretórios municipais. 
 
Em Londrina, o candidato é Sidnei Santos da Silva, ligado a André Vargas; em Cascavel, pleito sempre aguerrido, o candidato é Antônio Vieira Martins (o Toninho Frentista); em Maringá, Rubem Almeida Mariano, ligado a Ênio Verri e em Ponta Grossa, o candidato é José Nilson Ribeiro. 
 
Haverá bate-chapa em Foz do Iguaçu: Nilson Brecher e Dilto Vitorassi, ambos do Campo Majoritário. Em Curitiba, disputam a presidência André Passos, Onivaldo Lourenço Vieira e José Alves (Zuca).


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*