Um round a menos | Fábio Campana

Um round a menos

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembléia Legislativa aprovou ontem o projeto de lei que autoriza o governo Requião, através da Copel, a participar dos leilões de concessões de três rodovias federais que cortam o litoral do Paraná entre Santa Catarina e São Paulo. “Nós fizemos um substitutivo limitando a sociedade a pessoas jurídicas, exigindo que essa sociedade seja feita de forma majoritária conforme a legislação e também limitando o prazo de disposições funcionais eventualmente necessárias e permitidas pelo Governo do Estado”, disse o relator da proposta, deputado Artagão Júnior (PMDB).


Um comentário

  1. jango
    quinta-feira, 20 de setembro de 2007 – 18:41 hs

    O acessório vai modificar o principal ? Tal seria associar-se com pessoa física ! Tal seria a COPEL ser minoritária, mas é mais patrimônio público na aventura ! Tal seria que as disposições funcionais fossem a prazo indeterminado, mas os funcionários cedidos vão faltar à COPEL legítima ! Ou tem gente demais ? Ou tudo mais vai se desmanchar no ar ?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*