O dia do Requião | Fábio Campana

O dia do Requião

Requião perdeu gosto por Curitiba, não fica na capital mais que o necessário. Pensar nas eleições municipais de 2008, então, arrepia-lhe a espinha. O Duce prefere desfrutar o interior. Hoje, estará em Tibagi, conjugando o verbo que transformou em intransitivo: inaugurar.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*