Loucademia requiônica | Fábio Campana

Loucademia requiônica

A Terça Insana, que agora está sendo chamada de “Loucademia requiônica”, tem, como não poderia deixar de ter, sessão amanhã. Na pauta anunciada pelo sítio oficial o microfone deve estar nas mãos do secretário de Obras Públicas, Júlio César de Araújo Filho. Antes, porém, como já se tornou tradição, tem musical. A Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina (Osuel), regida pelo maestro Henrique Vieira, terá 50 músicos interpretando peças de Brahms, Bizet e dos compositores brasileiros Ari Barroso e Pixinguinha. É esperar pra ver e ouvir. Ah, parece que o Duce está mais tranqüilo. Será o clima ameno da atmosfera? 


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*