Linha Verde | Fábio Campana

Linha Verde

Pista Verde
 
As primeiras pistas da Linha Verde, avenida que a Prefeitura de Curitiba está construindo na antiga BR 116, serão abertas ao tráfego no próximo mês. Essas pistas serão usadas em alguns trechos para desviar o trânsito do leito central da BR, onde começarão a ser feitas as obras de implantação das canaletas dos ônibus que vão formar o sexto corredor de transporte da cidade.
 
Obras
 
A construção da avenida, iniciada em janeiro, é feita sem bloqueio do trânsito na BR, por onde passam, por dia, em torno de 45 mil veículos. “Esta obra está sendo feita com um planejamento para evitar ao máximo eventuais transtornos. A Linha Verde está acontecendo num ritmo bom de serviço e o seu benefício será muito grande para a região e para toda a cidade”, diz o prefeito de Curitiba Beto Richa.
 
A linha
 
A Linha Verde, na etapa em obras, terá 9,4 quilômetros de extensão, em linha reta entre o Jardim Botânico e o Pinheirinho, atravessando dez bairros. As obras se estendem ao longo de todo o trecho exigindo atenção dos motoristas. Em diferentes fases e estágios, há obras de drenagem, terraplenagem, escavações, pavimentação e meio fio, nas marginais e nos canteiros. A nova avenida terá canaletas do transporte coletivo na via central, pistas marginais com três faixas de tráfego em cada sentido, e pistas locais, de acesso ao comércio e aos bairros da região. Ao longo da avenida haverá faixas de estacionamento. Oito estações de embarque e desembarque serão construídas neste trecho, facilitando a integração de linhas alimentadoras que cruzam a BR.
 
Extras
 
A Linha Verde também terá ciclovia, paisagismo com 2.600 árvores, parque linear e quatro binários que farão a “costura” entre os dois lados da avenida, garantindo a travessia segura de veículos e pedestres. A obra, um investimento de R$ 121 milhões, faz parte do Programa de Transporte Urbano da Prefeitura de Curitiba, parcialmente financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*