Ginetes no poder | Fábio Campana

Ginetes no poder

Quem diria? Pensar que a sucessão em Curitiba passaria pelas estrebarias do Canguiri, onde se concentram esforços cavalares para derrubar o atual prefeito Beto Richa que luta pela reeleição.

Ora, pois, os ginetes de companhia de Requião estão ativos na articulação política e esperam ter sorte melhor do que a experimentada na desastrosa campanha para conquistar a direção da FIEP.

O mais disposto, neste momento, é o empresário Éviton Machado, que ingressou no PR, partido de Carlos Simões, e pode acabar vice de Gleisi Hoffman, com o prestígio de homem de sela de Requião.

A confirmação de Machado na vice da Hoffmann faria muito gosto ao Duce e ao time da cavalaria, que dessa forma se sentiria representado também na garupa do PT.

Machado entrou na parada com o que tem de cacife: o bom relacionamento com deputados do baixo clero que acumulam votos na periferia. A visita de Gleisi, ontem, ao deputado Mauro Moraes, foi combinada pelo lépido cavaleiro que forma, ao lado de Requião, Luís Mussi e César Setti o bando autodenominado “Quatro do Apocalipse”.

O primeiro objetivo dos montados, seguindo as prescrições dos marqueteiros palacianos, é óbvio. Até as montarias entendem a tentativa de levar a disputa para o segundo turno. Daí a preocupação em lançar o máximo de candidatos para evitar a polarização e decisão ainda na primeira rodada.

Outro articulador da chapa é Geraldo Serathiuk, guru do PR e que se prepara para assumir uma Secretaria Especial no governo Requião. Justamente para exercer funções de articulação política e para mielinizar o centro do poder, onde os hidrófobos, confundindo as bolas e irritados com a influência dos ginetes, têm dado bom dia aos cavalos.


2 comentários

  1. Cartario
    quinta-feira, 16 de agosto de 2007 – 15:10 hs

    Caro Fabio, me esclareça por favor,
    Vi seu comentario ontem na BandFM ,mas nao ficou muito claro.
    Quem é que monta no tal Luis Mussi , nessas cavalgadas????

  2. Airton Trisseti
    sexta-feira, 17 de agosto de 2007 – 18:13 hs

    Escuta aqui, seu Cartario: e, afinal, quem monta em você, seu pelego, seu capacho, seu puxa-saco? Você puxa o saco de quem? Quem cavalga em você nas tardes quentes deste inverno? Pulha!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*