Comovente | Fábio Campana

Comovente

Chega a ser comovente o esforço a que Requião se obriga para defender a presença de irmãos, primos e tantos parentes nomeados no governo. Há quem diga que ele seria um político capaz de transpor os limites do Paranapanema se não carregasse essa carga de nepotismo.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*