Paraíso dos ricos | Fábio Campana

Paraíso dos ricos

O jornal francês “Le Figaro” publicou hoje uma reportagem em rotula o Brasil como o “paraíso dos ricos”. O texto tem como título “Política econômica de Lula faz a alegria dos ricos brasileiros”. Lá, está escrito o seguinte: “Graças às elevadas taxas de juros e ao boom das matérias primas, o Brasil das finanças e dos negócios conhece uma era dourada”. E mais: “As fortunas brasileiras souberam tirar proveito da política econômica do governo Lula. Com o objetivo de conter a inflação, ele tem mantido as taxas de juros em níveis astronômicos, fazendo a alegria do setor financeiro”. Curioso é o PT tem sido grande “auxiliar” de Requião. Hoje, foi um petista quem ilustrou a escolinha de Requião. Do mesmo Requião que se diz adepto à Carta de Puebla. Do mesmo Requião que na escolinha de hoje citou um livro francês que ele diz muito bom. Do mesmo Requião, que pega carona no PAC de Lula, do mesmo Requião que diz fazer opção preferencial pelos mais pobres.


2 comentários

  1. jango
    terça-feira, 24 de julho de 2007 – 19:08 hs

    Rui Barbosa pode nos dar uma luz a este respeito: “Oxalá fôssemos uma nação de juristas. Mas o que somos, é uma nação de retóricos. Os nossos governos vivem a envolver num tecido de palavras os seus abusos, porque as maiores enormidades oficiais têm certeza de iludir, se forem lustrosamente fraseadas. O arbítrio palavreado, eis o regime brasileiro.”

  2. Cajucy Cajuman
    terça-feira, 24 de julho de 2007 – 23:08 hs

    Por outro lado é bom que se diga, que tais personalidades que comandam a suposta esquerda nativa e nacional, foram financiados pelo poder econômico dos empresários. Portanto, existe sim, uma dobradinha antes da campanha e, muitas vezes, seguem muito além…
    Mais o que se percebe nessa esquerda de plantão é que ela está bem talhada. Seus líderes têm bom gosto, paladar apurado, apreciam bons vinhos e, de quebra, soltam algumas baforadas do mais legítimo Habano. Aquele, com tradição de mais de cinqüenta anos!
    Enquanto isso, a plebe ignara faz o movimento de base e ganha o Bolsa-Família.
    Esse é o Brasil vigente.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*