O DIA DO REQUIÃO | Fábio Campana

O DIA DO REQUIÃO

Ontem, Requião dobrou a dose, entrou em calmaria e até deu entrevista para a grande imprensa nativa. Manso. Depois, sacou de seu parco latim para excitar os companheiros da esquerda funcionária na chamada geral ao Centro de Convenções de Curitiba, transformado em Fórum Social do Mercosul. À noite já esbravejava contra a decisão judicial que inverte posições. Não é Curitiba quem deve ao Estado, o Estado é quem deve à Curitiba. Imagine os maus bofes do Duce.

Pérola

Das requianices de ontem, sobrou esta pérola que se incluiria com facilidade no “Manual do Perfeito Idiota Latino-Americano”.
— A crise aérea é uma tentativa de privatizar o Infraero.


Um comentário

  1. ALBERTO MELO VIANA
    sábado, 7 de julho de 2007 – 11:39 hs

    ISTO NÃO É IDIOTICE. ESSE É, TAMBÉM, UM DOS MOTIVOS, ENTRE VÁRIOS OUTROS. QUE INFELIZMENTE A MIDIA NÃO DIVULGA.
    AQUILO ALI É UMA MINA DE DINHEIRO. É SÓ FAZER AS CONTAS DAS TAXAS DE EMBARQUE!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*