O dia do Requião | Fábio Campana

O dia do Requião

Ontem Requião vestiu o modelito feminista, relembrou o repertório de frases da campanha pela libertação das mulheres da época que elas queimavam sutiãs e saiu-se faceiro ao lado da ministra Nilcéa Freire, da Secretaria Nacional de Mulheres, na abertura da II Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres, evento que termina hoje no Centro de Convenções de Curitiba. 


3 comentários

  1. Marília
    domingo, 15 de julho de 2007 – 13:50 hs

    Genial a sacadinha: O DIA DO Requião…

    ODIADO REQUIÃO!

    Eis o problema da democracia: permitir a existência de fã-clube sem noção!

    boa sorte na jornada, fábio!

  2. fã clube do Lerner
    domingo, 15 de julho de 2007 – 21:01 hs

    Digite seu comentário aqui.
    Requião só trabalha para si e sua familia. Onde estão obras do Salieri do Lerner?

  3. Lucas Pelizaro
    segunda-feira, 16 de julho de 2007 – 18:56 hs

    O mau gosto não é comparar Requião a Salieiri, mas comparar Lerner e Mozart. Êta cambada de puxa-sacos. Bem coisa de curitibano jacu e puxa-saco

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*