O dia do Requião | Fábio Campana

O dia do Requião

Ontem Requião acordou azedo. E nem foi mamona. Ele teve que engolir foi o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, admitir para a imprensa que não vê como o Brasil se manter alheio aos transgênicos. Na soja, principalmente. O governador cresceu nos cascos. Quando se encontraram, à tarde, no Tecpar, para inaugurar uma usina de biodiesel, o Duce engoliu seco: “”Usinas como essas serão construídas em todo o Paraná, possibilitando que pequenos e médios produtores sejam beneficiados”. Transgênicos? Fica para outro dia.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*