Medicamentos excepcionais | Fábio Campana

Medicamentos excepcionais

Remédios excepcionais
 
O sítio do governo anuncia que o governador Roberto Requião autorizou, enfim, a Secretaria de Saúde a investir aproximadamente R$ 47 milhões na aquisição de remédios excepcionais, incluindo a licitação para registro de preço dos medicamentos. As aquisições se destinam a atender pacientes cadastrados no programa de medicamentos do Ministério da Saúde.
 
O que para quê

Do montante total, R$ 3,5 milhões devem ser destinados para a aquisição de medicamentos excepcionais para tratamento dos portadores de anemia, insuficiência renal crônica, mal de Alzheimer, esclerose múltipla, imunodeficiência, fibrose cística e artrite reumatóide. Em tempo: outros R$ 42,6 milhões servem como valor máximo para a execução de pregão eletrônico na modalidade registro de preço dos medicamentos de alto custo.
 
Beneficiados
 
Com esta ação, devem ser beneficiados pacientes com osteodistrofia renal (doença crônica dos ossos, secundária a insuficiência renal), endometriose (doença que acomete as mulheres em idade reprodutiva e que consiste na presença de endométrio em locais fora do útero), puberdade precoce, anemia na insuficiência renal crônica, hiperfosfatemia (doença caracterizada por excesso de fósforo no corpo) e epilepsia refratária, entre outras doenças.
 
Uma afirmação
 
“O registro de preço é determinante em um processo de compra. A boa administração do dinheiro público reverte em benefícios para a própria população”. Assim fala o superintendente de Sistemas em Saúde da Secretaria, Gilberto Martin.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*