Em nome de Rasera | Fábio Campana

Em nome de Rasera

Ex-policial civil

Repercute, ainda hoje, a performance de Jocelito Canto, PTB, durante a última sessão do primeiro semestre na Assembléia Legislativa, realizada ontem. Canto, o performático, utilizou a tribuna para vazar sua verve e para deixar um questionamento sobre a situação do ex-policial civil Délcio Rasera, acusado de participar de escutas telefônicas.

Exemplar

Na opinião de Canto, o policial foi exemplar durante o exercício de suas funções. Para Canto, ao menos um habeas corpus deveria ser concedido. O parlamentar destacou também “que o peso da justiça deve ser aplicado”, e que o histórico do policial é positivo, mas se as acusações forem comprovadas, ele deve respondê-las. “Aproveito a última sessão para deixar a pergunta: Quanto tempo já se passou e não foi concedido o habeas corpus?”.

Relator

Canto foi relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que tratou das escutas telefônicas. Fez pronunciamento recuperando a trajetória de Rasera na Polícia Civil, que continua preso, desde setembro do ano passado, na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV). “Este brilhante policial está preso há quantos dias. Por que querem segurar o Rasera?”, disparou o parlamentar. “Se provar lá na frente que ele cometeu um crime, que seja responsabilizado. Acho que o que ele fez pelo Paraná merecia, sim, um habeas corpus”.


Um comentário

  1. shirley
    quinta-feira, 19 de julho de 2007 – 1:18 hs

    Desculpem eu não sei muito sobre este caso, mas o crime desse cara foi só isso? fazer escutas telefônicas?
    Se ele fez mas não usou as informações obtidas para prejudicar ninguem, onde está o crime ?
    Vejam que Antonio Carlos Magalhães fez escutas telefônicas da ex namorada e usou as informações para prejudicar a ela e a sua família, e nem por isso foi preso…
    Se Rasera fez como policial, ainda que não tinha autorização para fazer isso, acredito que fez com boas intenções, pela defesa do Paraná…
    Onde estão os prejudicados pelo crime dele? Morreu alguem ? Feriu alguem?
    Eu não sei…como já disse não acompanhei o caso…Alguem poderia me responder ?
    Por favor… Os crimes deveriam ser julgado pelo grau de consequência… Tanto maus policiais estão nas ruas e os bons na cadeia?
    Os que realmente se preocupam em trabalhar até alem dos seus deveres, como fazer escutas para proteger o Estado, estes são presos ?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*