Alô, Xangai | Fábio Campana

Alô, Xangai

A Nova Iorque do Pacífico
 
Xangai cresce economicamente, tanto, mas tanto, que em menos de duas décadas pode vir a ser a Nova Ioruqe do Pacífico. Ora, se tantos vão passar dias ensolarados em Nova Iorque, será que não iriam, também, ora pois, para Xangai?

Cuspideiras nos táxis

Os taxistas do centro financeiro da China, Xangai, deverão usar cuspideiras para controlar seu hábito de abaixar a janela de seus carros e cuspir nas ruas. Os táxis terão sacos fixados no banco do motorista, para que assim tanto ele quanto o passageiro possam utilizá-lo. Os recepientes especiais serão distribuídos para 45 mil veículos pelo Comitê Sanitário Patriota de Xangai

Pandas fedidos

Não volte da sua viagem à China sem um souvenir feito com fezes de panda. O país já está fabricando livros, cadernos, porta-retratos e estátuas produzidas com o material. É uma maneira de se livrar das mais de 200 toneladas de excrementos que os pandas gigantes produzem.


3 comentários

  1. Cahue
    sábado, 28 de julho de 2007 – 10:57 hs

    Cresce mesmo, hoje sao 5 as linhas de metro na cidade, ate o final deste ano serao 9, para 2012 13, alem do prolongamento das atuais. Uma das novas linhas em costrucao, a linha 11, tera incríveis 120km de extensão. Neste momento, estao sendo construidas 160 estacoes de metro na cidade. O maglev, trem de levitacao magnetica que chega a 430km/h, tambem esta aumentando o seu percurso, unira os dois aeroportos da cidade. Torres e arranha-ceus no estilo “Os Jetsons” dao um tom futurista a cidade, que se mesclam com bairros onde os cidadaos cozinham nas ruas.

    Xangai e uma cidade diferente do resto da China, mais internacionalizada e facil de viver do que outros lugares chineses. Mas ainda tem (e muito) as diferencas culturais que as vezes irritam (e muito) o turista desavisado ou o novo morador, como pegar um taxi. A maioria dos taxistas nao leem o Hanyu Pinyin, que e o chines escrito em caracteres Romanos, falar ingles ainda esta bem distante e a unica forma de comunicao com o motorista e via papelzinho com o endereco escrito em chines. Com o crescimento rapido, a demanda de taxistas inexperientes aumentou, assim como as novas ruas. Nao saber onde fica o endereco tambem e bem comum, o problema e quando eles nao avisam que nao sabem.

  2. denise
    sábado, 28 de julho de 2007 – 17:55 hs

    Digite seu comentário aqui.
    Olá Cahue,
    O que os chineses de Xangai estão fazendo com o lixo?

  3. Cahue
    segunda-feira, 30 de julho de 2007 – 20:34 hs

    Comendo!!
    A classe media emergente chinesa come lixo e lambe os beiços. E um festival de comida com prazo vencido, camuflada com temperos fortes.

    O que nao e comido e incinerado para virar energia eletrica. Isto dizem os “comunas”! Eu ja vi aterros sanitarios espalhados pela periferia. O que sobra, eles devem jogar em outra provincia, porque na cidade vitrine nao pode aparacer lixo. Nao pode nas regioes centrais, saindo um pouco do circulo glamuroso, se ve um pouco mais da china. O lixo e jogado nas ruas e de madrugada alguem aparece pra dar uma varrida, mas o cheiro fica!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*