No forno | Fábio Campana

No forno

Mal feitas

 Jozélia Brogliani, procuradora-geral do Estado, acredita que as ações sugeridas por Requião contra a administração de Jaime Lerner foram mal elaboradas, por isso não prosperaram. Resultado: ninguém foi punido e não se pode culpar o Ministério Público ou a Justiça.

No forno

La Brogliani estuda novas medidas judiciais sobre todos os casos que envolvem a administração de Lerner. Segundo ela, o Ministério Público e a Justiça pouco poderiam fazer diante do frágil suporte jurídico das ações propostas pelo Estado. Faltou conhecimento de direito bancário e financeiro. No mínimo.


Um comentário

  1. maria marta lunardon
    quarta-feira, 27 de junho de 2007 – 22:28 hs

    Sr. Fábio Campana,como Procuradora do Estado,integrante do Governo Requião desde 2003 e tendo participado da transição no exercício do cargo entre dois colegas, Sérgio e Jozélia,tenho certeza que os comentários e críticas não partiram dela.Em primeiro lugar existem equívocos quanto ao mérito ou conteúdo, como já foi explanado, uma vez que não houve propositura de ação nestes casos, mas elaboração de pareceres e remessa ao Tribunal de Contas e Ministério Público.Dra.Jozélia era integrante da equipe do Dr.Sérgio. Entre eles há uma relação de profundo respeito profissional e pessoal. Há, inclusive, uma continuidade na orientação jurídica ao Governo, o que posso testemunhar. Portanto, espero que as palavras que o Senhor escreve e que atribui à Procuradora Geral, não abalem o espírito de equipe e o trabalho sério, sereno e de defesa do interesse público que está sendo desenvolvido na PGE e não abalem, sobretudo, o companheirismo e cordialidade que reina entre dois advogados públicos brilhantes e competentes. Maria Marta Lunardon

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*