Metrô de Curitiba | Fábio Campana

Metrô de Curitiba

Mobilidade 

 Beto Richa reassumiu hoje a prefeitura de Curitiba. Retorna da Coréia do Sul, onde participou dos eventos da Semana Mundial da Mobilidade. Vem preocupado. Previsões realistas mostram que entre os dias 5 e 10 de julho Curitiba deve atingir a marca de um milhão de veículos registrados. 

Metrô

Tanto automóvel para uma cidade que tem hoje 1,8 milhão de habitantes assusta. Qualquer um. “Agora, não há como recuar. Vamos fechar os termos de licitação para um projeto básico de metrô”. A frase é de ordem do prefeito Richa.


2 comentários

  1. ALBERTO MELO VIANA
    segunda-feira, 18 de junho de 2007 – 12:54 hs

    ATÉ QUE ENFIM!!!

  2. ALBERTO MELO VIANA
    segunda-feira, 18 de junho de 2007 – 18:11 hs

    ATÉ QUE ENFIM
    No ano passado, por conta de um mestrado que estou fazendo na Universidade Tuiuti do Paraná, todas quintas e sextas tomava o transporte coletivo, do qual sempre fui usuário, daqui do Juvevê onde moro até lá. Este percurso feito de carro dá mais ou menos 15 minutos, na hora do rush. Pois bem, para ir de ônibus tem-se que tomar o Santa Cândida\Capão Raso descer na Estação Praça Eufrásio Correia e tomar o Centenário\Campo Comprido descendo na Estação Campina do Siqueira e aí toma-se o alimentador Tuiuti\Barigui. Toda esta maratona, se você der muita sorte, com os horários leva em torno de 1 hora. Se a cidade tivesse optado pelo metrô, como outras cidades com o mesmo número de habitantes, fizeram já faz tempo, um percurso como este não levaria mais do que 30 minutos, como acontece em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Buenos Aires, Recife e Porto Alegre.
    Sem contar o outro gravíssimo problema do sistema curitibano que é o embarque e desembarque nas estações tubo, principalmente nas horas de movimento intenso. Todos se amontoam nas entradas do ônibus dificultando a movimentação dos passageiros. Todos reclamam. É uma verdadeira loucura, que os homens do planejamento deveriam estar ali toda manhã para sentir na pele como está o sistema tão cantado em verso, prosa e propaganda. Como metrô não é coisa que se faça com varinha mágica. Vai uma sugestão de usuário: aumenta-se as estações e as portas de embarque (principalmente) e desembarque.
    É ISSO AÍ, BETO RICHA, LANCE LOGO O PROJETO DO METRÔ E VOCÊ FICARÁ NA HISTÓRIA COMO O PREFEITO QUE TEVE CORAGEM DE MUDAR ESTE SISTEMA POLUIDOR E ULTRAPASSADO. CORAGEM E FIRMEZA QUE ESTE É O SEU ASSUNTO!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*