A crise e a multa | Fábio Campana

A crise e a multa

O fracasso da gestão financeira do Paraná abriu inevitável debate sobre o caráter do governo Requião e suas dificuldades extremas para superar a crise.

Trouxe também a evidência da mais completa desorganização das finanças públicas, desnudando toda a incapacidade de coordenação por parte do Estado preguiçoso, balofo, hipócrita.

Ora, pois, a crise de que o Paraná padece resulta da concepção que Requião tem da política e de si mesmo, desde que se atribuiu o papel de única fonte de decisões. Agora, na crise, se viu obrigado a pedir socorro aos adversários que costuma hostilizar.

A multa aplicada pela Secretaria do Tesouro nacional, que já foi de R$ 10 milhões e hoje é de apenas R$ 6 milhões, não é o problema do Paraná como o governo quer fazer crer quando tenta fazer do governo federal o vilão dessa história.

O Paraná tem a sua situação mal resolvida e pessimamente administrada. Além disso, sofre o complicador fatal do declínio da arrecadação ao mesmo tempo em que se inflam as despesas para manter um programa extenso de filantropia com nítida associação eleitoral.

Isso tudo mais o comportamento pessoal de Requião a lembrar os furores do Duce provocam dissensões a rodo, sectarismo, isolamento, atitudes defensivas do empresariado e queda do investimento privado.

Da conveniência mínima dos interesses do Paraná seria que o debate sobre a situação do caixa abandonasse os termos retóricos em proveito da avaliação precisa dos fatos. O Paraná é um Estado com áreas de vertiginosas desigualdades sociais, vastos bolsões de pobreza, e índices de atraso espantosos.

Apresenta, ao mesmo tempo, um elevado grau de industrialização, embora vários setores estejam refluindo diante das limitações impostas por um governo que se declara adversário da iniciativa do grande capital. E pensar que temos mais três anos e meio pela frente.


Um comentário

  1. RFC - Requião Fã Clube
    sábado, 23 de junho de 2007 – 23:00 hs

    Quem pode abrir debate sobre o carater de Requião ?
    Quem,senão a imprensa alienada que se vê no Paraná que fala da multa como sendo crise imposta pelo governo Requião quando todo mundo sabe que Requião está simplesmente tentando desfazer o erro alheio e evitar mais prejuízos…

    Quem pode debater sobre o carater de um político de décadas comprovadas de honestidade quando o País todo está envolvido em escândalos ?

    No momento para mim só tem uma questão a debater urgentemente e esta é a questão :

    Quando é que a imprensa de Curitiba vai parar de atrapalhar o governo do Paraná ?
    Quando é que irão parar de ficar vendendo uma imagem negativa forjada de Requião,para satisfazer esse sadomasoquismo da oposição ?

    Quando é que irão parar de usar esses ataques, esses apelidos, essas difamações, essa verdadeira inquisição não santa, mas demoníaca,querendo achar algo errado, achar algum crime,algum escândalo no governo Requião com um desespero próprio de quem procura uma agulha em um palheiro ?

    Esta é a questão para a qual abro agora um inevitável e inadiável debate.
    Por favor comentaristas… Vamos debater isto ?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*