Perdoa, amor | Fábio Campana

Perdoa, amor

Barreado

 Requião recebeu os deputados da sua tropa para degustar um barreado no Palácio das Divisórias. Compareceram trinta. A maioria do PMDB. O almoço serviu para agradecer pela aprovação de todos os desejos palacianos e para a despedida do governador que partiu, ontem à noite, para o Japão.

Por um voto

 Nem todas as votações do rolo compressor foram fáceis para o governo e sua turma. Os petistas, quando votaram contra o governo, criaram situações delicadas. Uma delas foi no caso do perdão das faltas dos servidores da saúde. O governo ganhou por um voto e vai punir os funcionários.

Perdoa, amor
 
Ontem, Requião pos uma pedra sobre as dissensões. Afagou os humores da base governista na Assembléia com um lauto almoço no Palácio das Divisórias. Deixou a polêmica do sorteio do ônibus na escolinha de lado.
 
Mobília nova
   
Pergunta do leitor: que empresa mobiliou o Palácio das Divisórias? Quem acertar ganha um doce de confeitaria alemã oferecido pelo deputado Valdir Rossoni, que volta na sexta com a resposta e os comentários.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*