Fábio Campana | Política, cultura e o poder por trás dos panos.

Bolívia rompe com Maduro

O novo governo da Bolívia anunciou nesta sexta-feira (15) a ruptura das relações com o regime de Nicolás Maduro e a expulsão de todos os funcionários da embaixada da Venezuela em La Paz, alegando a suposta interferência deles em assuntos internos do país.

A ministra interina do Exterior da Bolívia, Karen Longaric, disse que, como houve uma mudança de governo no país, o Executivo atual será coerente com os princípios da democracia, do respeito aos direitos humanos e da Carta Democrática da Organização dos Estados Americanos (OEA). “É claro que vamos romper as relações com o governo de Maduro”, declarou a diplomata. As informações são do G1.

Weintraub fala que República foi golpe e enaltece D. Pedro 2º

O ministro Abraham Weintraub (Educação) publicou uma foto em sua conta no Twitter na manhã desta sexta-feira (15), feriado da Proclamação da República, e afirmou na legenda que trabalhar é “a melhor forma de ‘comemorar’ o primeiro golpe de estado no Brasil”. As informações são do Poder360.

A imagem mostra uma reunião com participação de diversas autoridades, como os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil) –com um chimarrão na mão–, Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) e Osmar Terra (Cidadania).

Leia Mais »

O calvário de Deltan no CNMP

O calvário de Deltan Dallagnol no CNMP será longo. São 16 processos. “Começaremos pelas sanções e leves”, diz um conselheiro. Pode demorar, mas ele será retirado da Lava-Jato. As informações são da coluna Radar, da VEJA.

Bebianno: “Só contei 3% do que eu sei”

Gustavo Bebianno será o fantasma do governo e da família Bolsonaro por um bom tempo.

O ex-ministro disse à Época, depois de ser chamado de “desleal” por Eduardo Bolsonaro:

Só contei 3% do que eu sei. Meu objetivo não é destruir o governo, mas sim proteger o Brasil e sua democracia. Estou de olho o tempo todo no governo e na família Bolsonaro. Quero que o presidente pare de gerar crises, administre o país da melhor forma possível e conclua o seu mandato. É hora de os ânimos arrefecerem, em benefício do povo brasileiro. Não obstante, percebendo a existência de algo capaz de comprometer a nossa democracia, agirei.

TRF-5 suspende uma das prisões preventivas de Cunha, mas ele continuará preso

G1

A Primeira Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região concedeu nesta quinta-feira (14) habeas corpus para Eduardo Cunha em uma das prisões preventivas do ex-deputado e ex-presidente da Câmara.

Cunha, porém, permanecerá preso em razão de outros mandados de prisão preventiva decretados pelas justiças federais de Brasília e do Paraná, em ações às quais ele responde, por suspeitas de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo a Petrobras e a Caixa Econômica Federal.

Leia Mais »

Morales diz que não se sente responsável pela atual crise na Bolívia

O ex-presidente boliviano Evo Morales disse hoje (15) no México, onde está no exílio, que não se sente responsável pela atual crise na Bolívia, mas reconheceu que possivelmente tenha cometido erros.

Na avaliação dele, seu principal erro “foi derrotar os adversários”. “Somos seres humanos, mas nunca pensamos em prejudicar o povo boliviano”, afirmou.

Leia Mais »

Lula vai à luta


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez, nesta quinta-feira, 14, seu primeiro pronunciamento para o partido, durante a Executiva Nacional do PT, em Salvador, na Bahia. Em meio a discussões de que o PT poderia compor candidaturas de outros partidos de esquerda nas eleições municipais do ano que vem, Lula disse que a legenda “não nasceu para ser partido de apoio” e que deve lançar candidatos em todas as cidades possíveis. Afirmou, ainda, que o partido não precisa fazer nenhuma autocrítica. Durante discurso, citou praticamente todos os possíveis candidatos à Presidência em 2022, com críticas e ironias ao presidente Jair Bolsonaro, ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB) e ao apresentador de TV Luciano Huck.

Ao falar de Bolsonaro, Lula voltou a ligar o nome do presidente ao de milicianos e ao assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e de seu motorista Anderson Gomes. “Bolsonaro, não pense que eu quero brigar com esses milicianos. Não quero, essa briga resultou na (morte de) Marielle”. Lula voltou a criticar a condução econômica do governo federal, numa demonstração do que deve ser o mote de sua atuação na oposição e atacou de forma rápida o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, a quem chamou de “canalha”.

Bolsonaro chama Ricardo Barros
para vice-líder no Congresso

O presidente Jair Bolsonaro teria convidado pessoalmente o ex-ministro da Saúde, Ricardo Barros, para ser seu 1º vice-líder no Congresso, sob o comando do senador Eduardo Gomes (MDB-TO). Pelo que publicou o Radar da Veja, os dois são próximos desde a época do PP e Bolsonaro deixou claro que o convite é pessoal. Barros é considerado pelo Planalto exímio negociador político e especialista em temas espinhosos. Ele já foi vice-líder do governo FHC, Lula e Dilma. Antes de responder, Barros vai ouvir o PP.

Aumento da cota de compras para US$ 500 vai incrementar turismo da fronteira

Agora é para valer. O governo do presidente Jair Bolsonaro aumentou de US$ 300 para US$ 500 o valor da cota de compras via terrestre e por rio. A portaria com a medida, assinada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 14, e passa a vigorar em 1º de janeiro, época de alta temporada, quando normalmente Foz do Iguaçu está repleta de turistas do mundo inteiro.

O aumento da cota chega no momento em que o Destino Iguaçu está passando por grandes transformações. Nos próximos anos, a região deverá se tornar em um dos maiores “hubs” comerciais do Brasil, graças aos investimentos da usina de Itaipu, que vem redirecionando recursos em obras que darão um novo status econômico à fronteira. Já estão em andamento a construção da Ponte da Integração Brasil-Paraguai e as ampliações no aeroporto de Foz do Iguaçu, além das obras do mercado municipal e, futuramente, a modernização e criação de mais leitos no Hospital Ministro Costa Cavalcanti.

Leia Mais »

Com gestão reestruturada, Itaipu centraliza funções e atividades

Para evitar sombreamentos com duplicidade de atividades e funções, a Itaipu Binacional está melhorando estruturas, processos e equipes, adequando a empresa a uma nova realidade. Com base em um estudo minucioso, a administração do diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna, realocou atividades, projetos, convênios e pessoal de cinco Assessorias subordinadas à Diretoria Geral.

Leia Mais »

Cota de US$ 500 vale a partir de janeiro, confirma Giacobo

O deputado Giacobo (PL) confirmou nesta quinta-feira, 14, que a cota de US$ 500 (R$ 1.200,00) para as compras no Paraguai vale a partir de 1º de janeiro de 2020, conforme decisão do Ministério da Economia. “É uma notícia muito aguardada por todos e vai impulsionar ainda mais o turismo em Foz do Iguaçu e região”, disse.

A ampliação do valor de isenção tributária para bens trazidos do exterior por vias terrestre, fluvial ou lacustre vai passar de US$ 300,00 para US$ 500,00. A Portaria nº 601, que traz a mudança, está publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

Leia Mais »

Bebianno: ‘Desafio o presidente a comprovar essa mentira’

Gustavo Bebianno diz que Jair Bolsonaro mentiu ao atribuir a ele a responsabilidade por formular ou levar até ele um dossiê para impedir que o “príncipe” Luiz Philippe de Orleans e Bragança fosse vice na chapa do hoje presidente em 2018.

Em vídeo gravado nesta quarta-feira, ao qual o BRPolítico teve acesso, o ex-ministro “desafia” Bolsonaro a repetir essa “mentira” cara a cara com ele, chama de “leviandade” a afirmação de Bolsonaro, conta a cronologia que levou à decisão, que diz ter sido de Bolsonaro, de Hamilton Mourão como vice e por que o nome de Orleans e Bragança foi abortado pelo próprio candidato, nos últimos dias de limite da lei eleitoral para o registro de chapas.

Bebianno confirma que Bolsonaro recebeu um dossiê com denúncias desmoralizando o “príncipe”, mas que foi o presidente que lhe falou a respeito e pediu que informasse ao hoje deputado que ele não mais seria o companheiro de chapa do pesselista. As informações são do BR Político.

Governo confirma R$ 54 milhões para municípios do Sudoeste

O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou nesta quarta-feira (13), em Pato Branco, no Sudoeste do Paraná, a liberação de R$ 54 milhões para municípios da região. O encontro com os prefeitos fez parte da agenda de transferência da sede do Executivo Estadual para o município.

Leia Mais »

Lula volta ao Nordeste, de onde vai declarar guerra a Bolsonaro

Radar, VEJA

Lula volta nesta quinta ao Nordeste, região onde Jair Bolsonaro é mais impopular e onde o discurso progressista, contra as medidas de ajuste econômico de Paulo Guedes mais geram impacto na opinião pública.

O petista, que deixou a prisão há menos de uma semana, escolheu a Bahia, hoje o maior e mais forte reduto petista no país para iniciar sua pregação política.

Leia Mais »

Audiências sobre impeachment de Trump começam nos Estados Unidos

Um diplomata americano do alto escalão, lotado na Ucrânia, deu a entender que acredita que o presidente Donald Trump tenha pedido ao governo ucraniano que investigasse a firma vinculada ao filho do ex-vice-presidente dos EUA, Joe Biden.

William Taylor falou ontem (13) durante a primeira audiência pública do comitê investigativo da Câmara dos Representantes, liderada pelos Democratas, sobre o possível impeachment contra o presidente americano.

Leia Mais »

MP aponta que São Miguel do Iguaçu pode ter fraudes a licitações e superfaturamento

A Operação WO foi deflagrada nesta quarta-feira (13), na região oeste do Paraná. A ação apura fraudes a licitações e superfaturamento para aquisição de pedras, locação de caminhões e máquinas para transporte e prestação de serviços em São Miguel do Iguaçu.

Ao todo, o MPPR (Ministério Público do Paraná) e a Polícia Civil cumpriram 10 mandados de prisão e 36 de busca e apreensão em cinco cidades: Foz do Iguaçu, Itaipulândia, Santa Terezinha de Itaipu, Medianeira e São Miguel do Iguaçu. Dessa última cidade, a Prefeitura e a Câmara Municipal foram alvos de buscas, além de residências e empresas.

Leia Mais »

Nova lógica de financiamento a atenção primária no SUS

Sob críticas de entidades ligadas à saúde pública, o governo Jair Bolsonaro apresentou nesta terça-feira, 12, uma nova lógica para financiar a atenção primária no Sistema Único de Saúde (SUS). O formato, formulado com a anuência de secretários estaduais e municipais, levará em conta o número de pessoas cadastradas e o cumprimento de indicadores de saúde. Quanto mais pessoas inscritas e quanto melhores os resultados, maiores serão os valores. Hoje, o pagamento é feito com base em dados populacionais. As informações são de Lígia Formenti no Estadão.

Leia Mais »

Janja agora só está para Lula

Janja, a Rosângela da Silva, é namorada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Socióloga, 52 anos, ela deixa o emprego na Itaipu Binacional para morar com Lula. Janja está na empresa desde 2005 e ganha R$ 20 mil por mês.

A saída dela da Itaipu foi acertada com a direção da empresa, que é presidida pelo general Joaquim Silva e Luna. Seu desligamento definitivo será efetivado em janeiro. Até lá, ela poderá usufruir da bonificação a que tem direito e à antecipação de suas férias. Em Itaipu, o empregado com mais de dez anos de casa tem direito a férias de 30 dias úteis, e não 30 dias corridos como prevê a CLT.

CCJ não conseguiu votar prisão em 2ª instância

A oposição a Lula e o PT ficaram frustrados. A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Câmara dos Deputados, não conseguiu votar a proposta de emenda à Constituição que retoma a prisão após condenação em segunda instância, revertendo o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF). A comissão discutiu o assunto por mais de 12 horas nessa terça-feira (12), mas encerrou a sessão tarde da noite, adiando novamente a votação sobre o assunto, porque o debate continuava acirrado entre os deputados. Com isso, a discussão só será retomada na próxima semana, quando o assunto também será pautado na CCJ do Senado Federal, já que o Congresso Nacional está fechado no restante desta semana em virtude da Cúpula dos Brics.