Fábio Campana | Política, cultura e o poder por trás dos panos. - Part 2

Ricardo Barros recebe
homenagem da Femipa

Ministro da saúde Ricardo Barros recebe homenagem da FEMIPA. – Curitiba/PR, 27.03.2017 – Foto Jonas Oliveira

O Ministro da Saúde, Ricardo Barros, participou das comemorações dos 31 anos da Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Beneficentes do Estado do Paraná (FEMIPA). No evento, o ministro recebeu homenagem concedida pela entidade a personalidades que apoiaram o setor filantrópico, principalmente em momento de crise econômica. Além das entidades afiliadas, o evento reuniu diversas autoridades do setor de saúde.

Para ajudar o setor, o Governo Federal anunciou ano passado uma linha de crédito para reestruturação financeira das Santas Casas e entidades filantrópicas.

Leia Mais »

Greca desagrada servidores e agora pode enfrentar greve

Os servidores municipais farão assembleia nesta sexta (31) para decidir se entram ou não em greve. Rafael Greca desagradou toda a categoria municipal com o seu pacote de maldades. Entre as medidas anunciadas pelo prefeito, estão o adiamento da data-base da categoria, de março para novembro, a suspensão do plano de carreira e alterações na licença prêmio e no 13° salário. Para o sindicato, em editorial escrito nesta segunda-feira, Greca escolheu os servidores como inimigos.

Lava Jato volta às ruas com a Operação Paralelo

O juiz Sérgio Moro expediu ordens judiciais de prisão preventiva e busca e apreensão na 39ª fase da Operação Lava Jato. Batizada de Operação Paralelo em razão da ação clandestina no mercado financeiro por parte dos investigados, a PF ainda cumpre a ordem de Moro. De acordo com O Antagonista trata-se de um complemento de fases anteriores e envolve uma corretora de valores e um gerente da Petrobras.

Lula quer Gleisi na
presidência do PT

Radar On-Line, VEJA

Lula emite sinais difusos sobre quem é seu preferido para substituir Rui Falcão. Ele elogia Alexandre Padilha, não torpedeia Lindbergh Farias e, recentemente, passou a espalhar que gostaria de ver Gleisi Hoffmann disputando o comando do partido.

Se ele abraçará a candidatura dela, ninguém sabe.

Em depoimento, relator indica argumentos para cassar Temer

da Folha de S. Paulo

Perguntas feitas pelo ministro Herman Benjamin, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a delatores da Odebrecht indicam ao menos três pontos que devem ser utilizados para embasar sua posição no processo que pode cassar a chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer em 2014.

Relator da ação, ele insistiu em questionamentos sobre esses temas e chegou a indicar, ainda que discretamente, seu posicionamento durante as oitivas. A expectativa, segundo a Folha apurou, é que ele peça a cassação da chapa. O ministro não se manifesta sobre o voto, em razão de sigilo.

Leia Mais »

Não foi avisado

No O Globo, Lauro Jardim conta que Marcelo Caetano, secretário de Previdência Social, ficou irritadíssimo com a decisão de Michel Temer de deixar os servidores estaduais e municipais fora da Reforma da Previdência.

Richa empossa novo presidente da Copel

O governador Beto Richa disse que o prestígio que as empresas públicas paranaenses conquistaram no cenário nacional, nos últimos anos, são resultados da governança adotadas Governo do Estado. A afirmação foi feita durante a posse do novo presidente da Companhia Paranaense de Energia (Copel), Antonio Sérgio de Souza Guetter, nesta segunda-feira (27), em Curitiba. Guetter, que é engenheiro, substitui Luiz Fernando Vianna que assumiu a diretoria-geral brasileira da Itaipu, também nesta segunda-feira.

Leia Mais »

Requião quer a Venezuela

Roberto Requião defendeu nesta segunda a Venezuela no Parlasul (o Parlamento do Mercosul). “Parlasul quer Venezuela no plenário com todos seus direitos”, disse o senador em Twitter.

Humorista sem graça

Marcelo Madureira, humorista, perdeu o bom humor e partiu para a ofensa direta, pouco inteligente e sem qualquer traço de civilidade durante a manifestação deste domingo. “Lula, seu vagabundo, não temos medo de você! Dilma, sua ladrona, sua vagabunda, não temos medo de você!”, disse o comediante.

Chefe da Carne Fraca usou filhos para receber propina

O fiscal federal agropecuário Daniel Gonçalves Filho usou a esposa e dois filhos para viabilizar o esquema de propinas pagas por empresas que são alvos da investigação. O chamado “núcleo familiar” da organização criminosa liderada por Daniel, nas palavras da PF, teria operado durante sete anos em que ele ficou no comando da Superintendência Federal da Agricultura no Paraná (SFA-PR). Empresas abertas pelo “núcleo familiar” serviam como laranjas, apenas para receber propina de empresários que eram alvos de fiscalização.

JBS retoma atividades

A JBS retomou nesta segunda o abate de carne bovina. 33 das 36 unidades vão operar com redução de 35% da capacidade produtiva.

Temer espera tiroteio da Odebrecht para negociar com Renan

Radar On-line, Veja

Michel Temer respira fundo e conta até dez a cada petardo disparado por Renan Calheiros contra o Palácio do Planalto. Uma questão de estratégia.

Renan já disse pessoalmente ao correligionário tudo o que alardeia pela imprensa: a acusação de que o governo está loteado por prepostos de Eduardo Cunha, a afirmação de que Temer inviabilizou a aprovação da reforma da Previdência, entre outras espinafradas.

Temer ouve e, quando questionado sobre as críticas, sai pela tangente. Embora seus assessores o aconselhem, inclusive, a limar Renan das reuniões que faz com líderes do Congresso, o presidente planeja algo maquiavélico.

Ele aguardará a delação da Odecrecht deixar Renan ainda mais enfraquecido para, enfim, chamá-lo a uma conversa franca.
Leia Mais »

Moro quer parecer da PF sobre vídeo de Lula

O juiz Sérgio Moro deu um prazo de cinco dias para a PF se manifestar sobre um vídeo que teria sido feito da condução coercitiva de Lula. A defesa do ex-presidente alega que a gravação será usada no filme sobre a Lava Jato.

Moro afirmou que “Não cabe a este Juízo impor censura a veículos de comunicação ou mesmo à produção de algum filme”. “Não são eles sequer partes deste processo”, anotou. “Não consta que qualquer gravação efetuada durante a diligência de condução coercitiva tenha sido disponibilizado à produção do filme ou a qualquer veículo de imprensa. Se o último fato tivesse ocorrido, aliás, provavelmente tais imagens já teriam sido publicizadas.”

Moro determinou: “Antes de qualquer providência, intime-se a autoridade policial responsável pelo caso para prestar oportunos esclarecimentos e se manifestar sobre a petição (da defesa de Lula).”

Greca culpa Fruet
mais uma vez

Para justificar seu pacote de maldades, o prefeito Rafael Greca culpou Gustavo Fruet. “Começamos o trabalho de recuperação desde o primeiro dia de gestão, mas na medida em que aprofundamos o conhecimento da real situação deixada pelo meu antecessor o quadro financeiro foi ficando cada vez mais assustador”, se explica. Entre outras coisas Greca pretende suspender os planos de carreira e, pasmem, adia a data-base dos servidores públicos municipais de 31 de março para novembro.

Gleisi baixa o topete
e sai a deputada

Gleisi Hoffmann teve um choque de realidade e concluiu que o Senado não é para ela. Nas condições atuais, de ré da Lava Jato, com índices de popularidade baixíssimos, de rejeição nas nuvens, decidiu aplicar um choque de gestão em sua carreira. Vai ser candidata a deputada federal e olhe lá. Se duvidar, baixa o topete e sai a estadual, o que não pode e ficar se foro privilegiado.

Gleisi não está só nessa agrura do rebaixamento. Os senadores Lindenberg Faria e Humberto Costa, ambos do PT, estão na mesma. Vão se candidatar a deputado, pois o Senado não dá mais.

Alvaro Dias faz o alerta

Há uma tentativa de sucumbir a PEC do fim do foro. Alvaro Dias faz o alerta. Nos bastidores, políticos com índole duvidosa se articulam para fazer as mudanças, tal qual as dez medidas contra a corrupção.

‘Todos candidatos tiveram financiamento ilegal’, diz Odebrecht

Em depoimento ao TSE, Marcelo Odebrecht disse que o financiamento ilegal de campanhas é tão comum no País que inclui todos os candidatos eleitos. “Duvido que tenha um político no Brasil que tenha se eleito sem caixa 2. E, se ele diz que se elegeu sem, é mentira, porque recebeu do partido. Então, impossível”, afirmou.

No caso da Odebrecht, o empreiteiro disse que, dos recursos disponíveis para campanhas, 75% eram pagos fora do sistema oficial.

(Foto: EBC)

O pacote de maldades
de Rafael Greca

Com o título de “Plano de Recuperação de Curitiba”, vem aí o pacote de maldade de Rafael Greca de Macedo. É vário e tenebroso. Vai do aumento de alíquotas de impostos como o Imposto sobre Transmissão de Bens Imobiliários (ITBI) e mudanças no Cartão Transporte. Suspende os planos de carreira e, pasmem, adia a data-base dos servidores públicos municipais de 31 de março para novembro. Greca também endurece nas regras para a concessão de benefícios dos servidores, como licença-prêmio, 13º salários, gratificações e auxílios.

Justiça bloqueia R$ 14 mi de Derosso e outros 17 réus por desvios na Câmara de Curitiba

Atendendo pedido formulado pela Promotoria de Justiça do Patrimônio Público de Curitiba, a Justiça determinou o bloqueio de bens, em valores que superam R$ 14 milhões, de 18 réus em ações civis públicas, incluindo o ex-presidente da Câmara Municipal da Capital entre 1997 e 2012, João Claudio Derosso. As ações decorrem de apuração relacionada ao desvio de verbas de publicidade da Câmara entre 2006 e 2011, em contratos que somaram quase R$ 34 milhões. As informações são da Banda B.
Leia Mais »

Bolo do Greca embatumou

Rafael Greca imaginou que a festa de aniversário de Curitiba, comemorado no Parque Barigui com um bolo gigante, seria um bom momento de sua promoção pessoal. Qual o que. Os servidores do município lá foram para gritar: “Não queremos bolo, queremos salário”. “Fora Greca”. E outras imprecações contra o prefeito que o pudor e os bons costumes não permitem reproduzir.