De delator na Lava Jato a jogador de pôquer | Fábio Campana

De delator na Lava Jato a jogador de pôquer

Expedito Neto tem um currículo interessante, filho do ex-presidente da Transporto, Sérgio Machado, ele foi administrador do esquema de propinas encabeçado pelo pai. Teve sucesso, na conta de uma offshore gastou 21 milhões de libras, comprou quatro imóveis no Reino Unido.
Depois de denunciado, acertou delação, contou sua história e seus esquemas e agora refaz a vida. Resolveu reiniciar a nova caminhada como jogador profissional de pôquer. Dizem por aí que um dia desses começou um campeonato com 10 mil dólares e acabou com 140 mil. Também dizem que sua delação não foi lá grande coisa. Parece que para quem sabe, o blefe vale para muita coisa na vida…

(Foto: Reprodução)


2 comentários

  1. Longa Manus
    quarta-feira, 11 de julho de 2018 – 16:35 hs

    Pelo jeito é moda que os lavadores, filho de poderosos, comprar imóveis no Reino Unido via off shores.

    Essa história não é estranha não.

  2. Mr. Money
    quarta-feira, 11 de julho de 2018 – 16:51 hs

    INTERESSANTE QUE O SUJEITO ESTÁ SOLTO!!!!! NO BRASIL SÓ PEGA CANA LADRAO DE GALINHA E MARIA DA PENHA.

    A ENTOURAGE QUE ROUBA ROUBA ROUBA FICA POR AÍ, VIAJANDO O MUNDO E CURTINDO A VIDA. ALGUNS INCLUSIVE COM IMÓVEL NA PRÓPRIA LONDRES!!!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*