Moradores protestam contra 'Acampamento Lula Livre' | Fábio Campana

Moradores protestam contra ‘Acampamento Lula Livre’

da Banda B

Uma confusão tomou conta da região do Acampamento Lula Livre, no bairro Santa Cândida, em Curitiba, na noite desta quarta-feira (13). Os moradores do bairro se reuniram e queimaram pneus, alegando que não conseguem ter uma vida normal devido à presença dos manifestantes a favor do ex-presidente. Por outro lado, os organizadores da vigília alegam que foram atacados durante o ato que, segundo eles, fere a ‘liberdade democrática’.

De acordo com o estofador Leandro Cesar, de 34 anos, um dos representantes dos moradores, eles se organizaram depois de um manifestante ter jogado um objeto dentro de uma casa. “Eles desaforaram o vizinho e jogaram um objeto contra a casa dele. Hoje, então, decidimos fazem um protesto de forma pacífica”, afirmou.

O representante explicou que os manifestantes do Acampamento Lula Livre invadiram a rua. “Nós não aguentamos mais isto. Eles ameaçam a minha esposa e querem só fazer o terror aqui na região. Alguém tem que tomar uma atitude”, disse.

Em alguns momentos da manifestação o clima esquentou e manifestantes de ambos os lados chegaram a bater boca, mas foram contidos por policiais militares da Rotam do 20º Batalhão. O presidente do PT de Curitiba, André Machado, comentou que a única intenção do Acampamento Lula Livre é manter a paz e apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo Machado, o acampamento foi atacado. “Estamos aqui há dois meses de forma pacífica, porque temos a liberdade de nos manifestar. Hoje tacaram fogo, jogaram pneu na rua e querem confusão. Nosso objetivo não é esse. O que estão fazendo aqui é uma agressão contra as pessoas que participam da vigília”, destacou.

O presidente ainda esclareceu que não houve nenhuma agressão ou ameaça contra os moradores do Santa Cândida. “Não teve nada disso. Alguns moradores, que não concordam com a opinião política de quem está na vigília, provocam os manifestantes. O que não dá é isso, tacar fogo e começar a ameaçar quem está aqui. São pessoas que não conseguem conviver com a democracia”, concluiu.

Após a queima de pneus e entulhos, o Corpo de Bombeiros foi chamado para apagar o fogo e, embora o enfrentamento entres os manifestantes tenha continuado, o clima permaneceu de forma pacífica.


13 comentários

  1. CAÇADOR DE VERMES PETISTAS
    quinta-feira, 14 de junho de 2018 – 8:24 hs

    Os Curitibanos estão solidários aos valentes moradores dos arredores da Justiça Federal.
    Não deve mesmo ser fácil conviver com esse bando de vagabundos, cachaceiros, arruaceiros fanáticos defecando e urinando nas calçadas feito porcos.

    Um bando de imbecis sustentados pelo PT.

  2. quinta-feira, 14 de junho de 2018 – 8:28 hs

    COM ESSE FRIO, UM FOGUINHO VAI BEM NÉ,KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!

  3. Waldir
    quinta-feira, 14 de junho de 2018 – 9:04 hs

    Adeus “Capital Ecológica”, agora terra da mãe Joana…

  4. Roberto
    quinta-feira, 14 de junho de 2018 – 9:28 hs

    Engraçado, quando eles queimam pneus para bloquear as ruas e estradas, não acham ruim.

  5. BETO PRAIA
    quinta-feira, 14 de junho de 2018 – 9:29 hs

    Igualzinho na Venezuela.
    Um bando de vagabundos alucinados e adestrados pelo maior ladrão do Planeta.
    Se fosse em um pais desenvolvido, onde a JUSTIÇA impera, já teriam tirado esses vagabundos do local a base da porrada.

  6. Mimi
    quinta-feira, 14 de junho de 2018 – 9:54 hs

    É capaz da polícia ir lá bater e prender os moradores por baderna e ameaça!
    Pqp . . . !

  7. ESTAMOS DE OLHO
    quinta-feira, 14 de junho de 2018 – 10:41 hs

    SOU SOLIDARIO COM OS MORADORES VIZINHOS DA PF
    POIS TENHO AMIGOS QUE MORAM LA A MUITO TEMPO
    E NAO E JUSTO SOFREREM ESTE TIPO DE COISA POR
    PARTE DE ARRUACEIROS PETISTAS,E A BOATOS QUE
    ATE USO DE MACONHA ELES FAZEM,AFRONTANDO OS
    MORADORES LOCAIS,CADE AS AUTORIDADES PARA
    TOMAR PROVIDENCIAS EM DEFESA DOS CIDADAOS
    DE BEM.

  8. Professor Paulinho
    quinta-feira, 14 de junho de 2018 – 10:56 hs

    Eu estive visitando o local, vi e senti o medo e o terror no rosto dos moradores, estão sendo ameaçados, intimidados, roubados e acoados por estes vagabundos que se intitulam democráticos. Quando estive lá conversei com uma moradora que me contou o que aconteceu com a filha dela. “Minha filha sai cedo pegar pão na padaria, quando retornou foi abordada por um homem e duas mulheres acampados, roubaram o pão e o celular dela, que desesperada veio pra casa chorando e chamamos a polícia e mesmo minha filha apontando as pessoas que a roubaram, a polícia disse não poder fazer nada, não podiam entrar revistar o acampamento. Minha revolta é grande porque fizeram isso com uma menina de 14 anos, ameaçaram e a roubaram, para mim se a polícia puxar a ficha dessa gente, vai encontrar todo tipo de bandido ali”.

  9. quinta-feira, 14 de junho de 2018 – 11:21 hs

    Não consigo entender porque as autoridades constituídas, prefeitura,estado e federal, não tomam uma decisão em favor
    dos moradores que pagam impostos e trabalham para mantern duas
    propriedades, beneficiando vagabundos e ignorantes pagos por partidos de esquerda.

  10. lucão
    quinta-feira, 14 de junho de 2018 – 13:27 hs

    O que uma candidatura não faz para nãpo desagradar e obter alguns “votinhos”.
    Lá em Santa Cândida a justiça já determinou, multas, leberação da área, o Prefeito já chegoua “implorar” que os nagunceiros, travestidos de manifestantes sejam retirados do local e até agora nada.
    A governadora que é candidata não determina que seja usada a força policial para a desocupação daquele local.
    Medo? Receio de perder alguns votos? Perde todos os votos dos moradores da região.
    Ontem o que aconteceu pode ter sido o início de algo pior que poderá ocorrer.
    Acho que seria interessante qie os manifestantes fizessem protesto também na frente da Justiça Federal, na frente da residência da governadora, na rua Frederico Cantareli, onde mora o Requião e outros locais de personalidades e aí veríamos se não seriam tomadas atitudes.
    Bando de bagunceiros anarquistas que estão fazendo “protesto” e uam campanha enrustida para o Lula, para o PT e criando o chamado coas pregado, prometido e ameaçado pela senadora Gleisi.

  11. Aprigio Fonseca
    quinta-feira, 14 de junho de 2018 – 20:26 hs

    Dizem que foi aquele verme delegado da PF quem começou.

  12. Observador Atento
    sexta-feira, 15 de junho de 2018 – 8:00 hs

    Aprogio, os únicos vermes são a grande maioria dos acampados, bandos de desocupados manipulados por politicos salafrários, estes verdadeiros vermes da nação

  13. Dionleno
    sexta-feira, 15 de junho de 2018 – 17:22 hs

    Poderiam transferir luladrão para Guantânamo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*