Bibinho, 255 anos de prisão | Fábio Campana

Bibinho, 255 anos de prisão

Resumo da ópera:
– condenação: 255 anos e seis meses de prisão;
– multa: R$ 1,5 milhão;
– crime: lavagem de dinheiro.
Abib Miguel, o Bibinho, que foi diretor-geral da Assembleia Legislativa, foi acusado pelo Ministério Público de comandar um esquema de desvio de grana na Alep. O caso acontecia a partir da contratação de funcionários fantasmas, a condenação veio pela 4ª Vara Criminal de Curitiba.
Cabe recurso.

(Foto: RPC/Reprodução)


4 comentários

  1. Mimi
    quinta-feira, 14 de junho de 2018 – 9:51 hs

    Ladrão, corrupto!!
    Agora tem que ir junto os deputados que assiram estas nomeações fantasmas!

  2. Professor Paulinho
    quinta-feira, 14 de junho de 2018 – 10:40 hs

    Está certo, mas e os presidentes e deputados da Alep que participaram dos esquemas junto com ele, vão presos também? Podem ter certeza que este ladrão não agia sozinho, dividia seus “saques” com outras pessoas.

  3. quinta-feira, 14 de junho de 2018 – 13:24 hs

    ESSE É O CARA, VAI CUMPRIR A PENA SEM CAGUETAR NINGUÉM!!!
    CAVEIRA………………………!!!

  4. Juca
    quinta-feira, 14 de junho de 2018 – 18:51 hs

    E o Nelson Justus, quando é que vai ser julgado?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*