Reajuste para os servidores pintando no pedaço | Fábio Campana

Reajuste para os servidores pintando no pedaço

Cida Borghetti encaminhou para Assembleia uma proposta que retira a tranca de reajuste salarial ao funcionalismo público para 2019.
Se os deputados votarem a favor, o Estado poderá começar a pensar no assunto no ano que vem.
A proposta deve ser colocada em votação na próxima pauta do legislativo e se tudo der certo, o texto volta para sanção da governadora.


5 comentários

  1. servidor eleitor
    terça-feira, 29 de maio de 2018 – 10:51 hs

    Os esquecidos …

    É bom lembrar que para o Funcionalismo do Poder Executivo do PR, a reposição salarial necessária para repor as perdas salariais desde janeiro de 2016, arredondando-se dá 12%.

    Em números exatos o índice é 11,53%: 2016: 7,35%
    (IPCA/IBGE: 6,29% + 1%) / 2017: 2,95% (IPCA/IBGE) / 2018 (jan. a abr.): 0,92% (IPCA/IBGE).

    Não custa repetir que a grandiosa maioria dos servidores públicos do Poder Executivo, recebe baixas remunerações. No Paraná, no Quadro Próprio do Poder Executivo (QPPE), o piso do Agente de Apoio (AA – 1o grau) é de R$ 1.015,91 (aliás, bem menor que os valores praticados nos Grupos I a IV do Salário Mínimo Regional (SMR), em vigor desde 1/03/2018, cujos valores variam de R$ 1.274,40 a 1.441,00).

    No caso do Agente de Execução (AE – 2o grau), o valor do piso é de R$
    1.523,85.

    Mas, como todos sabem, somente o Poder Executivo está sem a data base (revisão anual), já que os demais poderes (Legislativo e Judiciário) e instituições (MP-PR, TCE-PR e Defensoria Pública) tiveram a correção dos salários e benefícios de seus servidores públicos (em maio/2017, a reposição salarial foi de 4,08%).

  2. Paranaense
    terça-feira, 29 de maio de 2018 – 11:56 hs

    O que mais causa asco é a frase pronta do poder judiciário e MP para justificar seus aumentos sucessivos: “Temos e administramos orçamento próprios”.
    Só uma pergunta: Quem arrecada?
    Resposta: Executivo.
    Logo, se tem que passar uma porcentagem pre-estabelecida para os outros poderes, que passe menos; que faça um rateio de forma que TODOS ou NINGUÉM tenha aumentos.
    Se o repasse para outros poderes é constitucional, a manutenção (reposição inflação) dos funcionários também é.

  3. Servidor
    terça-feira, 29 de maio de 2018 – 14:17 hs

    Isso mesmo Cida! 👏👏👏👏👏

  4. Zé Ruela
    terça-feira, 29 de maio de 2018 – 14:52 hs

    Que tremenda canalha é esta dona Cida, já vai deixar uma bomba para explodir no colo do próximo governador.. Ela sabe que não se se elege nem se concorrer sozinha.

  5. Juvêncio
    terça-feira, 29 de maio de 2018 – 15:25 hs

    Jesus nos defenda dos Demagogos, ano que vem é outro Governo.
    Que fase

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*