O que Tony Garcia já contou sobre o áudio que incrimina Roldo e Richa | Fábio Campana

O que Tony Garcia já contou sobre o áudio que incrimina Roldo e Richa

O empresário Tony Garcia declarou, de próprio punho, na primeira pessoa, o que disse em entrevista ao Jornal Nacional da Globo. Tenta esclarecer datas, circunstâncias e interlocutores do momento em que encaminhou o áudio para que se tornasse do conhecimento do ex-governador Beto Richa e do ex-secretário Chefe de Gabinete Deonilson Roldo. É o que segue:

1 – Quanto a nota do ex-governador Beto Richa dizendo desconhecer o áudio da conversa entre seu chefe de gabinete, Deonilson Roldo e o empreiteiro Pedro Rache, não condiz com a verdade. Assim que recebi a gravação do Pedro Rache, levei ao conhecimento do Pepe Richa que ouviu sua integra e fez um apelo a mim que levasse ao conhecimento do Deonilson Roldo para que ele para que ele parasse de pressioná-lo para assinar a ordem de serviço.

2 – No mesmo dia às 20:30 fui pessoalmente à casa de Beto Richa levando o áudio. Ele não quis ouvir, narrei a ele o conteúdo. Imediatamente após o relato, Beto fez uma ligação ao secretário Mauro Ricardo no viva voz, dizendo que havia um problema na PPP da 323, e como ele (Mauro) não gostava de PPPs, que cancelasse. Queria falar com o Deonilson naquela hora, porém, não o fez por um pedido meu, para que antes eu levasse ao conhecimento do Deonison como havia combinado com o Pepe.

3 – No outro dia fui ao palácio as 19,45 e fiz uma pergunta ao Deonilson Roldo, se ele teria entrado em contato com algum empreiteiro para falar sobre a PPP da 323, negou veementemente, após a negativa pedi para ele ouvir o áudio que continha o pen drive. Quando se deparou com sua voz e a de Pedro Rache, ficou estarrecido, já que acabara de me dizer que jamais tinha chamado empreiteiro algum. Em certo momento interrompeu o áudio e ligou para sua esposa desmarcando um compromisso segundo ele inadiável, disse a ela que se deparava naquele momento com coisa pior de sua vida, e por isso cancelava. Quando desligou, e antes de continuar ouvindo fez um comentário esdrúxulo: ‘Não se fazem mais empresários como antigamente”.

4 – Deonilson me perguntou se eu havia mostrado a gravação para o Beto Richa, respondi a ele da mesma maneira que me respondeu quando fiz a pergunta de conversa com empreiteiro, neguei já ter levado ao Beto, e disse que a partir dali é que eu tomaria qualquer providência. Me pediu até o outro dia para tomarmos juntos a decisão, que precisava refletir, e que até lá estaria em minhas mãos, e que seria eternamente grato. Palavras dele, sem tirar nem por.

5 – Disse-me também que o áudio vindo a público sua permanência no governo se tornaria impraticável, porém, nada poderiam fazer penalmente com ele já que a gravação havia sido feita sem seu conhecimento. Alertei-o que não era bem assim, que já havia súmula no STJ e STF que conversas gravadas por um dos interlocutores, mesmo sem o outro saber valiam como provas. Disse a ele para que ligasse ao seu advogado que era excelente criminalista para tirar a dúvida, o fez, ouviu dele o que lhe alertei.

6 – Agora, diante do fato, Deonilson tenta imputar a mim a denúncia que recai sobre ele. Eu, na verdade fui somente o mensageiro. Quem gravou ele foi a pessoa que estava sendo chantageada, gravou para se proteger de coisa legítima que era participar de uma licitação pública, e entregou a mim para que levasse ao conhecimento do Beto, já que poderiam ganhar a licitação com preço bem abaixo do que o oferecido pela Odebrecht. Não revelarei por enquanto o verdadeiro motivo para que a licitação não fosse suspensa, o farei na hora certa nas esferas cabíveis.

7 – Não aceitarei calado imputações à mim que a turma do Beto e do Deonilson fazem chegar á imprensa na tentativa de desqualificar o que já venho alertando a muito tempo. Quanto mais tentarem, mais fatos e provas inequívocas da verdade virão à tona. Este é o fiel relato da verdade, desafio quem quer que seja a contestá-lo. Seria ótimo se o fizerem. Não temo o enfrentamento, pois a verdade está ao meu lado.


13 comentários

  1. Jaferrer
    segunda-feira, 14 de Maio de 2018 – 10:53 hs

    Esperamos que a justiça, e o Moro tem sido rápido nestes casos, tome as providências e enquadre o psdb do paraná, na figura de seu líder, para que o pelito desse ano não seja contaminado com mais essa lama.

  2. Oswaldo
    segunda-feira, 14 de Maio de 2018 – 11:54 hs

    Tony empresário?

  3. Pedro
    segunda-feira, 14 de Maio de 2018 – 12:23 hs

    Todos da mesma corja, Laia, grupo, gang, tem que pegar todos denunciados e investigados do Governo Beto e prender, só solta quem se defender com a verdade.
    É UMA VERGONHA ISTO!!!

  4. BOTAFOGO PRESIDENTE.
    segunda-feira, 14 de Maio de 2018 – 13:43 hs

    Isso ai é briga de bandidos por territorio,esse Tony é ganster como toda turma do Beto Richa,gente perigosa.

  5. Fabio do Armazém
    segunda-feira, 14 de Maio de 2018 – 13:45 hs

    Então agora o negócio vai chegar perto do Luciano Daleffe da DALBA, Cezar Silvestri ex-secretário e César Silvestri Filho (prefeito)???

  6. Uncle Joe 100
    segunda-feira, 14 de Maio de 2018 – 15:12 hs

    KKKK o Betinho Banana está dando adeus a sua vaga no Senado. Quem será o herdeiro dela?

  7. Chibata
    segunda-feira, 14 de Maio de 2018 – 16:46 hs

    Parece que é um centímetro de um carretel de METROS que vai ser desenrolados com detritos carniceiros imputados; comentários em corredores de que no Rio de Janeiro de Cabral começou bem assim…

  8. José da Silva
    segunda-feira, 14 de Maio de 2018 – 18:46 hs

    E assim se vão as amizades… Apesar do “romance” desta história…e sem fazer defesa prévia do ex governador, o que aparece até agora, inclusive das palavras do amigo (ou ex) e mensageiro do fato, Tony Garcia, é ausência total de crime…Oras, se a PPP foi cancelada, se os órgãos de fiscalização não notaram fraudes, etc…não há o que se falar em crimes….Esta discussão é mais para desmoralizar as partes e acabar amizades do que crimes propriamente ditos…
    Infelizmente as delações, a sanha moralizadora (e muitas vezes mentirosas) entre outras situações, estão levando o Brasil para um terreno perigoso…E está direita (que não me representa) aplaude os mais bandoleiros de esquerda, os desrespeitos as leis…além de ressuscitar defuntos, sob a bandeira do fim da corrupção…Os esquizóides nunca se divertiram tanto…

    Enquanto isso juízes e procuradores de esquerda, que se sentem acima das leis, ganham benefícios imorais, e premiam seus bandidos delatores com penas ridículas, são tratados como herois pelos toscos que se dizem direita…

    Esqueceram que delação e caça corruptos eram planos de governos de esquerda, mas, como são arrogantes (ou agem com má fé) preferem aplaudir os “inimigos”….Os bandoleiros agradecem…

    Que Toni Garcia e Beto sejam sábios nesta situação… que os crimes que foram eventualmente cometidos sejam provados e punidos…mas, aparentemente, tudo que saiu até agora, não passa de campanha difamatória, promovida por criminosos verdadeiros em busca do perdão e procuradores e juízes que acusam e julgam sem provas…

    As verdades sobre esta gente um dia aparecerá, porém pode ser tarde para alguns…

    Caso Banestado (e a fraude de Moro e Carlos Fernando) além do perdão a Youssef…Satiagraha e a tramoia orquestrada pelo Protógenes, o caso armado contra Temer e Aécio (que ainda não viram provas)…a falta de provas no caso do bandoleiro mor da nação (que mesmo EU achando que é bandido) a denúncia foi fraca, sem provas e o julgamento foi ignorando os autos)…A justiça é para todos…A amizade de juízes e procuradores em diversas instâncias…as chantagens…o coorporativismo dos valentes (fim do foro apenas para políticos?, financiamento público?), entre outras coisas bizarras…

    O pessoal de esquerda plantou a nosso futuro negro, os sedizentes direita, apoiou e aplaudiu….merecemos todo o lixo que passaremos por causa desses ms..

  9. Marco Nascimento
    terça-feira, 15 de Maio de 2018 – 0:13 hs

    Tem gente acima comentando a maluquice insana da ignorância. A trilha vem desde as contas CC5 e a tchurma sabe muito bem disso. Quem não conhece o esquema eh ignara ! Ignorante pra dizer o mínimo. Coloquem aí na conta quem era o prefeito e o governador na época?

  10. Viezzer
    terça-feira, 15 de Maio de 2018 – 1:53 hs

    Osmar vem aí

  11. Edilson Hugo Ranciaro
    terça-feira, 15 de Maio de 2018 – 9:41 hs

    Quanto ao comentário, abaixo se for verdade, muita coisa vai aparecer, pois a Construtora DALBA de Guarapuava é uma empresa de capital aberto, vencedora de inúmeras obras no Estado, e tem como cotista, ex-Secretário Estadual de Justiça, salvo melhor juízo.

    “Então agora o negócio vai chegar perto do Luciano Daleffe da DALBA, Cezar Silvestri ex-secretário e César Silvestri Filho (prefeito)???”.

  12. Dudu
    terça-feira, 15 de Maio de 2018 – 21:01 hs

    Este Tony gosta de brincar de esconder na casinha de boneca! rs.

  13. Kátia Flávia
    quarta-feira, 16 de Maio de 2018 – 8:38 hs

    Qual empresa este empresário tem ?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*