Chega-pra-lá irrita vereadora | Fábio Campana

Chega-pra-lá irrita vereadora

Rolou na segunda-feira um evento da Semana Cultural, que tem relação com pavimentação de recursos para a Marcha para Jesus. Noemi Rocha contou ontem na Câmara de Vereadores sua experiência: “Cheguei num horário tranquilo, cinco minutos antes, fui encaminhada para a primeira fileira de autoridades e fiquei lá aguardando com minhas duas assessorias. Para minha surpresa, chegou a moça do cerimonial e disse que eu deveria me retirar daquele lugar porque ele estava destinado ao bispo Cirino Ferro e sua família. Nunca passei por isso, achei uma falta de respeito e consideração”. E parece que tudo foi filmado de perto pelo colega de expediente Thiago Ferro, o que a deixou ainda mais irritada.
A vereadora ainda lembrou que o evento é público, realizado com grana pública e que ela é super incentivadora de recursos para Marcha para Jesus.
Que tal? É muita autoridade para pouco palanque…

(Foto: Chico Camargo/CMC)


8 comentários

  1. Ein Sof
    quarta-feira, 16 de Maio de 2018 – 12:42 hs

    Dinheiro público para evento religioso?
    Fala sério!

  2. Ein Sof
    quarta-feira, 16 de Maio de 2018 – 12:46 hs

    As igrejas que financiem!
    Algumas delas são bem ricas.

  3. Alexandre
    quarta-feira, 16 de Maio de 2018 – 12:53 hs

    Chega de lero-lero!
    -Vamos falar da Quadro Negro?

  4. quarta-feira, 16 de Maio de 2018 – 12:56 hs

    Bah,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!
    esperar oque de prostitutos???

  5. troll
    quarta-feira, 16 de Maio de 2018 – 14:06 hs

    As igrejas já não pagam impostos e ainda são financiadas com dinheiro público? VTC….

  6. roberto novaes
    quarta-feira, 16 de Maio de 2018 – 14:31 hs

    Quanta petulância, + 2 assessoras..pra quê? ora bolas…cada vereador medíocre que elegemos. P.A.D.

  7. quarta-feira, 16 de Maio de 2018 – 16:03 hs

    É desde qdo vereador é autoridade. ?

  8. Uncle Joe 100
    quarta-feira, 16 de Maio de 2018 – 20:59 hs

    É muito cacique para pouco índio, este povo é todo assim, cheio de não-me-toques e as frescuras do gênero, só faltou à vereadora dizer para moça do cerimonial o famoso, com quem você pensa que está falando?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*