Ratinho Jr quer reverter suspensão da importção de frango pela UE | Fábio Campana

Ratinho Jr quer reverter suspensão da importção de frango pela UE

Ratinho Jr está preocupado com os efeitos danosas da suspensão da compra de frango pela União Europeia. Ele visitou frigoríficos, exportadoras, criadores, conversou com o deputado Luis Nishimori e escreveu o artigo que segue:

Temos que reverter decisão da União Europeia que suspendeu compra de frango do Brasil

A medida da União Europeia que proibiu a importação de carne de frango e derivados de 20 unidades de frigoríficos do Brasil, traz um impacto negativo grande para o Paraná: oito dos frigoríficos que receberam o veto são de nosso estado. Além disso, o Paraná é o maior exportador de carne de frango do país e o maior produtor nacional.

O impacto dessa medida é grande em nosso estado, porque traz, além dos reflexos comerciais, o desgaste de imagem. A avicultura de corte gera cerca de 60 mil empregos diretos e 600 mil indiretos no Paraná e temos 18 mil avicultores produzindo.

Nesta quinta-feira, 19, ao saber da suspensão, conversei com o deputado federal Luiz Nishimori (PR-PR), nosso aliado e membro da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e da Comissão Parlamentar da Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural na Câmara Federal. Externei minha preocupação e me dispus a somar, da maneira que for possível, para acharmos uma solução. Essa situação precisa ser revertida o quanto antes e exige um esforço público e privado. Todos temos que nos envolver para que o impacto seja o menor possível.

Acredito que há um componente comercial forte nessa restrição e não podemos deixar que isso se estenda. A redução de exportações, além do impacto negativo na balança comercial brasileira e paranaense, nos ameaça com a paralisação de frigoríficos e o desemprego. Temos que agir.

Ratinho Junior
Deputado Estadual e presidente estadual do PSD


7 comentários

  1. silva
    sexta-feira, 20 de Abril de 2018 – 16:53 hs

    Guerra comercial …

    O Brasil é o segundo produtor mundial de frango (13,25 milhões de toneladas de carne/ano), antecedido pelos EUA (18,59 milhões de toneladas de carne/ano) e o maior exportador mundial (4,3 milhões de toneladas/ano).

    A BRF, resultado da fusão da Sadia + Perdigão, sua principal exportadora. Os países da UE são destino de cerca de 15% das vendas, segundo dados do setor.

    A Comissão Europeia decidiu dia 19/04 descredenciar 20 estabelecimentos brasileiros exportadores de carne, principalmente de aves, citando deficiências no sistema oficial de inspeção do Brasil.

    “Nós confirmamos que os Estados Membros votaram (por unanimidade) em favor do descredenciamento de 20 estabelecimentos brasileiros dos quais importações de carne e produtos de carne (principalmente aves) estavam autorizadas”, disse a comissão. A medida passa há valer 15 dias após a publicação da decisão em diário oficial do bloco.

    A proibição é consequência da terceira etapa da Operação Carne Fraca, deflagrada em 2017, pela Polícia Federal para investigar denúncias de fraudes cometidas por fiscais agropecuários federais e empresários. A chamada Operação Trapaça, deflagrada em 5 de março, teve como alvo a BRF. O grupo é investigado por fraudar resultados de análises laboratoriais relacionados à contaminação pelas bactérias Salmonella pullorum.

    Operações estas consideradas por muitos atores, como trapalhadas e exageros midiáticos da Polícia Federal, além é claro de “deslizes” das empresas envolvidas e autoridades constituídas.

    Dos 20 frigoríficos que não podem mais exportar carne de frango para a União Europeia (UE), oito estão no Paraná (1º lugar: produtor e exportador nacional de carne de frango).

    A medida da UE vem travestida de barreira sanitária, mas no fundo reveste-se de barreira comercial, situação que somente será resolvida com muita discussão na Organização Mundial do Comércio (OMC) e atuação competente da diplomacia brasileira !

    E felizmente, podemos ter alguma vantagem, já que o atual diretor geral da OMC é o brasileiro Roberto Azevêdo.

    Mas, de antemão sabe-se que a batalha é árdua e demorada !

  2. sexta-feira, 20 de Abril de 2018 – 16:56 hs

    Trabalho e determinação nas prospostas para melhorar o Paraná.

  3. sexta-feira, 20 de Abril de 2018 – 17:05 hs

    CARACA, IMAGINA SE ALGUM POLÍTICO PARA SER ELEITO PRESIDENTE DA REPÚBLICA, SERIA CAPAZ DE PROMETER CONSTRUIR UMA CIDADE EM MARTE???KKKKKKKKKKK.

  4. Uncle Joe 100
    sexta-feira, 20 de Abril de 2018 – 17:06 hs

    Conta aí Ratinho como é que você vai fazer isto, se até o MAPA não conseguiu? Talvez você tenha um ás escondido na manga, ou o gato, aí na hora de trucar já pula pra doze, é isto mesmo Ratinho? Deixe de fazer demagogia barata com este pessoal que realmente sua a camisa, melhor dizendo, o uniforme, vá contar lorotas para aquele pessoal que está acampado na frente do prédio da PF.

  5. Aguirre
    sexta-feira, 20 de Abril de 2018 – 17:29 hs

    A única ação possível que podemos esperar do deputado é a solidariedade zoológica de um Ratinho com os franguinhos.
    Não adianta mostrar indignação ou valentia à distância com a UE.

  6. falido e ainda mal pago
    sábado, 21 de Abril de 2018 – 20:58 hs

    Haha.
    Já estou até vendo: aí pessoal da UE, eu sou o ratinho júnior e vim acabar com esta história de sacanear com a gente.
    KKK, se toca camundongo, quem é você para tanto!
    Salvo se você está no esquema da BRF. Aí sim, você é alguém neste jogo.

  7. Jesiel Julio da Silva
    segunda-feira, 23 de Abril de 2018 – 11:43 hs

    É isso aí Ratinho, parabéns pela posição e siga em frente!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*