Planalto coloca Huck no radar | Fábio Campana

Planalto coloca Huck no radar

Sem expectativa de manter a unidade dos partidos aliados na eleição, o Palácio do Planalto mudou a estratégia e passou a elogiar o apresentador Luciano Huck, sob o argumento de que ele pode até mesmo ter o apoio do MDB, se for candidato à cadeira do presidente Michel Temer. O movimento foi calculado para reagir às articulações do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na tentativa de mostrar que o MDB pode desequilibrar o jogo.

Dono do maior tempo de TV na propaganda política, o partido de Temer não pretende avalizar Huck, que hoje flerta com o PPS. Com a nova tática, porém, demarca o território para deixar claro que, se não querem o seu “dote” por medo da impopularidade do presidente, um outsider na política pode levá-lo e sair na frente nessa corrida. As informações são do Estadão.


Um comentário

  1. EGÍDIO VERONESE
    terça-feira, 13 de fevereiro de 2018 – 22:49 hs

    Tá na hora de parar de falar neste ou naquele candidato, é hora também de parar de artistas e apresentadores quererem ser candidatos, pois já vimos que o povo vota no impulso de que seriam os salvadores da Pátria. O povo está cansado de asneiras, o que queremos são candidatos voltados a administrar bem nosso Pais, e parar com tanta ilusão e promessas de campanhas, deveriam votar pela aprovação do projeto de Álvaro Dias para o fim da impunidade aos parlamentares, ai poderia começar a melhorar bem o País.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*