'Lula não será candidato' | Fábio Campana

‘Lula não será candidato’

“Lula não será candidato. Apesar da cristalina excepcionalidade de interpretações da lei e evidentes arranhões em sua aplicação discricionária, só há fraude eleitoral quando o eleitor é coagido, as urnas violadas ou o resultado adulterado. São mais de cento e quarenta milhões de eleitores já registrados. A ausência de Lula castra a liberdade de escolha de cerca de um terço deles, havendo sólido fundamento para a passionalidade com que reagem ao estupro. Fraude eleitoral, porém, não será (…).

O desbloqueio das candidaturas populares ocorrerá, quer por decisão antecipada de Lula, quer por insuperável imposição legal: Lula não será candidato. O amargo de uma causa perdida arrisca atropelar o entusiasmo dos responsabilizados, abandonando aos adversários a arena que mais temem: a competição por votos. E o infeliz refrão de que eleição sem Lula é fraude acompanharia o féretro de uma campanha esquizofrênica, intrinsecamente contraditória.

Ao contrário, a vitória de um candidato ou uma candidata indicado/a por Lula, tendo abortado a festa conservadora ao exclui-lo das eleições, reduziria a estrume cavalar os votos fúteis de juízes boquirrotos. O jogo pede uma intervenção decisiva na estratégia: superar o cerco de bispos dogmáticos e submeter um rei faz-de-conta, quase tísico, a constante ameaça de cheque mate. Preso ou solto, vivo ou morto, Lula, sua rouquidão e surpreendentes analogias, apavoram os grandes”.

Wanderley Guilherme dos Santos – cientista político, autor de vários livros e artigos na área de Ciências Sociais. Notabilizou-se a partir do texto “Quem vai dar o golpe no Brasil” – que prenunciou o golpe de Estado e a possível derrubada do presidente João Goulart em 1964 e se tornou referência bibliográfica nos meios acadêmicos.

(Foto: Divulgação)


13 comentários

  1. Daniel, o ateu atento
    quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 – 14:50 hs

    ‘… castra a liberdade de escolha…..’
    Ah, vai se ferrar, Wanderley!
    Só falta agora você vir dizer que a proibição contra o fumo em lugares fechados (e eu sou fumante) tolhe ‘a liberdade de escolha’.
    Vai se ferrar!
    Assim como o fumo, que causa malefícios a terceiros, a eleição de tal figura também causará malefícios, além de passar a mensagem de que o crime compensa.

  2. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 – 15:05 hs

    O que as patacoadas em curso, com o concurso da imprensa e de autoridades falastronas conseguiram foi erigir um cadafalso-palanque para Lula onde ele, com a corda em volta do pescoço, foi alçado à condição de mártir vivo. Assim, candidato ou não, ele influenciará enormemente as eleições, que ficarão marcadas pela desconfiança de que tudo aconteceu para impedí-lo de voltar ao cargo. O resto é papo furado e conversa fiada para boi dormir.

  3. quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 – 15:08 hs

    a gente morre e não vê tudo, um verdadeiro palhaço !

  4. ESTAMOS DE OLHO
    quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 – 16:51 hs

    ESTE VIGARISTA SE ACHA A ULTIMA BOLACHA
    DO PACOTE E TEM IDIOTA QUE AINDA CAI NA
    FALA ROUCA DESTE VERME,QUANDO ELE SE
    COMPAROU A NELSON MANDELA ,AI FOI O FIM
    DE FEIRA MESMO,SO FALTA SE COMPARAR A
    JESUS CRISTO.

  5. LENZA TOLEDO
    quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 – 17:11 hs

    De onde surgiu mais esse?

  6. RICARDO JOHANSEN
    quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 – 17:25 hs

    Caro FÁBIO, a democracia é bela, por permitir que todos façam suas defesas, escolhas e as publiquem. Todos os fatos sempre possuem dois lados. O lado do defensor, que acredita que o condenado LULLA está acima da lei. Ele foi condenado por ROUBO. Não podemos esquecer esse fato.O outro lado que deseja a derrota, porém não acredita na capacidade dos eleitores em bem escolher um candidato, pela total ausência de cultura e a incapacidade de análise para escolher o menos pior. O Brasil necessita passar por isso. Ou isso ou uma guerra fratricida. Atenciosamente. .

  7. DONIZETE A RUGERI
    quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 – 17:43 hs

    É só prender ele bandido 45 dias antes das eleições que ele não irá pedir votos pra ninguém. Obs.. não vai ajudar a gerar um bandidinho.

  8. DONIZETE A RUGERI
    quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 – 17:45 hs

    A imprensa ainda dá muita “moral” pra esse povo bandido, se esquecesse deles o povo também iria esquecer, mas não esqueçam que massa sovada quanto mais bate mais cresce.

  9. DONIZETE A RUGERI
    quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 – 17:46 hs

    O povão silenciou, mas estão “armados”, dia 07 de outubro será o dia da “vingança”;

  10. Sergio Silvestre
    quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 – 19:21 hs

    HAHAHAHA QUER DIZER QUE ESSE CIENTISTA POLITICO É PALHAÇO E QUEM COMENTA NO CAMPANA É O QUE????????????

  11. PitBull
    quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 – 22:09 hs

    Doutor Prolegômeno ou quer que seja Dr.energúmeno, mártir vivo…vai se ferrar PELEGÃO, o que vai acontecer é um larápio na cadeia, nada mais do que isso e isso é o que interessa e é isso o que ele merece…

  12. rodrigues
    quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 – 23:58 hs

    Lugar de bandido, chefe de quadrilha é cadeia……. só.

  13. BETO
    sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018 – 13:40 hs

    Não penso que a ausência deste verme esteja castrando a possíbilidade do cidadão em fazer sua escolha. Penso que o Brasil esta se livrando de um mentiroso contumaz que de tanto firmemente mentir passou a acreditar em suas próprias mentiras. Lula foi o maior atraso que o brasil poderia sofrer politicamente. O povo o escolher e provou o veneno mais cruel e não podemos correr o risco de deixar esta desgraceira se candidatar pois com esse povo ignorante que ai esta e a lingua de trapo deste lixo afiada como é, corremos o risco deste câncer voltar assim, como diz o velho ditado, o mal se corta pela raiz.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*