Desembargador denunciado por bater na mãe | Fábio Campana

Desembargador denunciado
por bater na mãe

O Antagonista,

Um magistrado do Tribunal de Justiça do Paraná foi afastado do cargo pelo STJ.
Motivo: ele foi denunciado por bater nas irmãs e na própria mãe.
Uma discussão do desembargador com as irmãs descambou para o pugilato e a pobre senhora foi atingida por um soco do filho.
O relator do caso no STJ, Napoleão Nunes Maia Filho, manifestou-se contrário ao afastamento do desembargador, com o argumento de que “o recebimento da denúncia não tira a presunção de inocência”. Outro ministro, Raul Araújo, que também votou contra o afastamento, aventou a hipótese de que, como as irmãs estavam munidas de gravador, o agressor pode ter sido “provocado até a última resistência”.
O STJ é um tantinho pitoresco. Já decidiu pela permanência no cargo de um juiz que assassinou jornalista com requinte de crueldade e, agora, pode criar a jurisprudência da briga de socos sem querer ou a de agressão a mãe como dano colateral.


7 comentários

  1. quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018 – 17:02 hs

    CARACA!!!
    EM OUTROS TEMPOS, ISSO SERIA INIMAGINÁVEL NÉ???
    PODEM COLOCAR ÁS BARBAS DE MOLHO TCHÊ!!!

  2. Sergio Silvestre
    quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018 – 17:53 hs

    Pega um cretino desse e de uns tapas nele,a laia vai te perseguir a vida inteira.

  3. Aureloi Bocato
    quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018 – 17:55 hs

    Quem é o marginal?

  4. Celso
    quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018 – 18:18 hs

    Luis Espindola

  5. troll
    quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018 – 19:15 hs

    Corvo não come corvo!

  6. quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018 – 19:59 hs

    Como esta o nível da justica neste pais este cara,no $tf,Dias Tofoli,Levandoski,Gilmar Mendes,Pais da PAiada pronta e da vergonha!!!!

  7. luiz
    sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018 – 8:36 hs

    Esse membros da nossa justiça brasileira virou um cocho de merda.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*