Mais Brasil, menos Brasília | Fábio Campana

Mais Brasil, menos Brasília

Artigo de Guto Silva

Iniciamos, na última semana em audiência pública na Assembleia Legislativa, o Movimento “Mais Brasil, Menos Brasília”. O objetivo é debater uma tributação mais justa, as reformas tributárias e política, além de reavaliar o pacto federativo.

Desnecessário lembrar que o Brasil resiste a todas as turbulências em razão da sua pujança, da sua unidade e que não precisa se fragmentar para que seja um país mais justo. No entanto, as mudanças tributárias que vêm desde a Constituição de 1988 se mostraram prejudiciais a Estados e municípios. São essas correções que se fazem necessárias. Esse é o objetivo que reuniu representantes de diversas entidades, órgãos públicos, prefeitos e vereadores, para buscar e debater alternativas para uma política fiscal e tributária menos vinculada à União.

Conforme destaquei, precisamos rever os repasses de recursos para uma forma mais equitativa, porque o Paraná contribui muito, mas as contrapartidas são ínfimas. Há muita concentração de poder da União, colocando estados e municípios de joelhos, pedindo muitas vezes o que deveria ser um direito.

Reformas e mudanças precisam ser feitas e o momento é agora. O entendimento de que existe concentração de recursos federais e de que podemos aproveitar o momento para implementar uma tributação mais justa com uma carga mais leve é unânime. Nem no tempo do Império as províncias eram tão maltratadas como nesse período republicano.

Precisamos, no mínimo, da eliminação ou simplificação de dez impostos. Isso é possível e gera mais autonomia para planejamento e aplicação dos recursos por aqueles que estão mais próximos das demandas da sociedade da sua cidade e região: prefeitos e governadores. A Federação se comporta como estado único no recolhimento dos recursos, mas na distribuição é uma não permite autonomia aos seus entes. O legislador federal não pode tirar receitas ou criar despesa ao estado sem consultar os federados.

Nosso diálogo com entidades representativas, associações e órgãos públicos já começou. Mas necessitamos do envolvimento de toda sociedade. O movimento será aprofundado. A partir deste lançamento, já ganha corpo com uma discussão mais ampla pela revisão do pacto federativo e iremos envolver e pressionar o Congresso Nacional pelas mudanças para alcançar esse Brasil do futuro que já demorou demais para chegar.

*O deputado estadual Guto Silva é vice-presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, criador e presidente da Frente Parlamentar de Defesa do Comércio.


12 comentários

  1. Janaina Fernanda
    quarta-feira, 6 de dezembro de 2017 – 17:00 hs

    Pilantra mamou nas tetas do Richa e agora quer mamar no ratinho…este é corrupto e cheio dos esquemas safado

  2. Jamil
    quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 – 10:35 hs

    E a operação Hígia Nobre Deputado?
    Algo a dizer?
    Porque do seu silêncio até agora?
    Vereador e secretários presos e o senhor não se manifesta?
    Muito estranho.
    Será que como o prefeito de sua cidade o senhor não sabia de nada?
    Engraçado que o tal vereador pelo que consta é do seu partido, prefeito seu aliado.

  3. Márcia
    quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 – 10:45 hs

    Corrupção é crime…mas acusar sem provas (injúria) também. Estava analisando as ideias do artigo, que são interessantes – e me deparei com esses comentários. Fui pesquisar e não vi nada envolvendo o deputado. O que leva a concluir que está incomodando.

  4. Profa Vivi
    quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 – 10:51 hs

    Engraçado que quando aparece um deputado pra defender o povo, aparecem as moscas da merda dos partidos políticos de oposição pra tentar denegrir a imagem. Pelo que percebi até agora na Alep, este é um dos poucos que trabalha defendendo o comércio, à indústria e o setor produtivo. Continue teu Trabalho deputado, não se acanhe com estas críticas e falácias a teu respeito.

  5. José Carlos
    quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 – 10:52 hs

    Demorou para alguém mexer nesse esquema que só penaliza estados e municípios. Boas ideias! Merecem apoio!

  6. Olho Vivo
    quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 – 10:55 hs

    Parabéns pela postura deputado, enfim se encontra um dentre dezenas que pensa no cidadão.

  7. José Carlos
    quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 – 10:56 hs

    Demorou para alguém mexer nesse esquema que só penaliza estados e municípios. Boas idéias! Merecem apoio!

  8. Vinicius
    quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 – 11:30 hs

    Excelente trabalho Guto, alias, o melhor deputado que o sudoeste já teve!

  9. Johnathan
    quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 – 11:33 hs

    só observo os PTistas acusando o cara por crimes cometidos por vereadores do próprio partido deles kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk vai ser muito difícil sujar a imagem de um cara tão integro, parabéns pelo trabalho Guto!

  10. Professor Carlos Antônio
    quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 – 13:16 hs

    Li e reli a matéria com toda a atenção, e caro deputado, estas coberto de razão, sigas firme nesta luta, as pessoas boas te apoiarão, podes acreditar.

    Professor Calos Antônio de Andrade

  11. Anísio dos Passos
    quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 – 13:20 hs

    Se não me engano o partido do prefeito que o cidadão alí se referiu é o PDT do Osmar Dias, aliás o tal prefeito é muito amigo do Osmar e eles até onde eu sei, lambem as bolas do Lula, da Gleisi e companhia. Vai com fé deputado, o sudoeste nunca teve alguém como você, só tem “Traia”, se é que me entendem.

  12. Antonio carlos
    quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 – 13:32 hs

    Impressionante a crise “política mental” de algumas pessoas, em especial a quem agride deputados de uma forma extremamente grosseira e de forma infundada, mas sem dar relevância e notoriedade a ela, vamos ao que interessa.

    Brilhante idéia deputado Luis Augusto – Guto Silva, importante para o desenvolvimento do nosso Estado/País é realmente um parlamentar com sua postura, que vai além de suas atribuições, que busca incessantemente um estado onde os recursos possam ser repassados aos pequenos municípios de forma isonômica, atingindo a finalidade social.

    Deputado Guto, não pare, lute, o Sr. é novo e munido de conhecimento, vontade, equilibrio, honestidade e respeito, adjetivos que lhe dão condições de nos representar. um orgulho para nós paranaenses.

    MAIS BRASIL, MENOS BRASÍLIA

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*