Incêndio destrói prédio histórico no Centro de Curitiba | Fábio Campana

Incêndio destrói prédio histórico no Centro de Curitiba

da Banda B

Um incêndio destruiu parte do prédio histórico do Palácio Belvedere, que fica na Praça João Cândido, nas proximidades das Ruínas São Francisco, em Curitiba. Os bombeiros foram acionados por volta das 22 horas e conseguiram apagar as chamas. Há a possibilidade do incêndio ter sido criminoso. De acordo com informações repassadas por testemunhas, um homem teria invadido o prédio que estava lacrado pela prefeitura e ateado fogo no imóvel.

O prédio é tombado pelo Patrimônio Histórico do Paraná e estava fechado há vários anos com várias pichações nas paredes. O edifício, construído em 1915, foi erguido com linhas em Art Nouveau, e era uma referência arquitetônica desse estilo na cidade. O local seria restaurado para se tornar a Sede da Academia Paranaense de Letras.

Em sua página oficial do facebook o prefeito de Curitiba Rafael Greca lamentou o ocorrido e afirmou que o prédio será restaurado. “Lamentável incêndio no Belvedere do Alto de São Francisco me entristece e determina a recuperar o bem danificado. O prédio construído pelo grande prefeito Cândido de Abreu em 1915 tem recursos de Potencial Construtivo liberados por mim – no valor de R$ 1.140.000,00 – já depositados em conta para criterioso restauro. Repetidas vezes este ano me ocupei do assunto travado por odiosa burocracia. O projeto do IPPUC só não foi licitado porque aguarda liberação da Divisão do Patrimônio Histórico do Paraná.As chamas não nos derrotarão. Nem a burocracia. Vamos aguardar perícia dos bombeiros e assim que a burocracia permita nós começaremos a obra. Curitiba terá de volta o Belvedere revitalizado de alguma maneira”, afirmou Greca.

Art nouveau

Exemplar arquitetônico desenhado com linhas art nouveau foi construído em 1915, pelo então prefeito Cândido de Abreu, para ser um mirante no então ponto mais alto urbanizado da Capital.

A edificação teve outros usos, tendo sido, nos anos 20, sede da primeira rádio do Paraná, a Rádio Clube Paranaense. Na década de 30 passou a ser Observatório Astronômico da antiga Faculdade de Engenharia do Paraná e, em 1962, sede da União Cívica Feminina Paranaense. Anos mais tarde, em 2008, o prédio foi usado como posto da Polícia Militar e, entre 2012 e 2014, transformado no primeiro Centro Estadual de Defesa dos Direitos da População em Situação de Rua.


Um comentário

  1. lauro
    quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 – 9:38 hs

    Antes tinham roubado as luzes do jardim botânico

    ——-
    que partido Anti-cristão estaria pretendendo transformar o natal de curitiba em natal de trevas?????????

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*