Vereadores de causas humanas apoiam uso de Narguilé entre jovens | Fábio Campana

Vereadores de causas humanas apoiam uso de Narguilé entre jovens

Defensores de causas humanas e ambientais, Goura (PDT), Professora Josete (PT) e Felipe Braga Cortês (PSD) apoiam, paradoxalmente, o consumo de Narguilé em locais públicos para menores de 18 anos em Curitiba.
Na sessão de hoje, os parlamentares se posicionaram contra o projeto do vereador Thiago Ferro (PSDB) que proíbe uso do fumígero, a venda de cachimbo e insumos para crianças, jovens e adolescentes na capital. Apesar dos votos contrários, o plenário acatou a proposta em primeiro turno que segue em debate na próxima semana.
Na tribuna, Goura associou o consumo pelos adolescentes de Narguilé à liberdade de expressão. Professora Josete justificou que já existe uma lei federal proibindo o uso em ambientes públicos. E o vereador Braga Cortês alegou a falta de consistência e informações da matéria. Todos, no entanto, afirmaram apoiar o consumo de Narguilé.


6 comentários

  1. Veredito
    terça-feira, 14 de novembro de 2017 – 16:09 hs

    Este Goura não passa de um #enrustido# travestido de homem público. Os outros dois estão mostrando apenas o quanto pequenos são politicamente. A prof. Josete última petista na CMC morreu e ninguém a avisou, já devia estar num asilo. O riquinho do Luiz Felipe devia cuidar da locadora do pai dele e dos cachorros da sua propriedade. São insanos que embora saibam dos perigos do tabagismo para os jovens, votam a favor apenas para serem diferentes e estarem na mídia.

  2. terça-feira, 14 de novembro de 2017 – 17:27 hs

    para ler livros nada né ????

  3. terça-feira, 14 de novembro de 2017 – 20:38 hs

    OS VALORES FAMILIAR FICOU NA MÃO DOS POLÍTICOS INSANOS, PARA ESSES LOBOS EM PELE DE OVELHAS, TUDO É NORMAL.

  4. Luiz Artur Gapski Pereira
    quarta-feira, 15 de novembro de 2017 – 10:09 hs

    Estão querendo abrir a porta para drogas mais pesadas pura imbecilidade.

  5. Helen Gutstein
    quinta-feira, 16 de novembro de 2017 – 9:13 hs

    O projeto não é do Vereador Thiago Ferro, mas sim do Dr. Wolmir. Segue informações do projeto do Thiago Ferro que foi aprovado https://www.thiagoferro.com.br/single-post/2017/11/14/O-registro-agora-é-lei

  6. Maquiavel
    quinta-feira, 16 de novembro de 2017 – 9:19 hs

    Se o projeto partiu do bispo Ferro, aquele investigado por cobrar dizimo dos assessores da Casa Civil do Governador, com certeza não deve ser bom.

    Aliás, alguém tem de avisar estes vereadores que as leis são feitas em brasília…Uso de fumo por menor já é proibido. Basta tentar comprar um maço de cigarros…

    E quem quer mídia mesmo?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*