Mãos ao alto, é um assalto! | Fábio Campana

Mãos ao alto, é um assalto!

Os bancos já estão cobrando por boletos registrados – aqueles boletos que o comércio emite para o cidadão pagar. Antes o serviço era gratuito, e sem qualquer prejuízo para as instituições. O previsto é que os maiores bancos do país – privados e estatais – vão faturar juntos até R$ 72 bilhões líquidos por ano. As infiormações sao da Coluna Esplanada de Leandro Mazzini
E quem decidiu pela cobrança? Por conta própria, sem regulação ou questionamentos, a canetada veio do comando da Federação Brasileira dos Bancos, a Febraban. As promotorias de Defesa do Consumidor do Ministério Público continuam em silêncio. A mordida no bolso do comércio pode encarecer produtos.
Os cálculos dos ganhos dos bancos são do Conselho Federal de Administração, que luta sozinho na praça contra o abuso. O CFA tem cobrado posição do Banco Central e da Fazenda, e faz campanhas país adentro com o boneco Raposão – ‘figura’ do banqueiro.

(foto: arquivo/Google)


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*