Kaefer defende MP do novo Refis | Fábio Campana

Kaefer defende MP do novo Refis

O deputado Alfredo Kaefer defendeu nesta quarta-feira, 27, a medida provisória que abre prazo para nova renegociação de dívidas com a Receita Federal e a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. O novo Refis prevê abatimento de juros e multas na nova renegociação.”A crise econômica e financeira que se implantou no país nos últimos anos foi algo além do normal. Isso fez com que milhares de empresas entrassem em inadimplência com o Fisco”, argumentou Kaefer.

A crise, segundo Kaefer, fechou lojas, fábricas ficaram inativas e se reduziu a prestação de serviços. “Os empresários, na maioria deles, para preservar os empregos, deixaram de recolher os impostos, dando preferência ao seu funcionário, ao seu fornecedor e assim por diante. Isso é da prática e da atividade empresarial e comercial”, disse.

Kaefer destacou o grupo de deputados liderados pelo relator Newton Cardoso Junior (PMDB-MG) que dedicou meses em produzir um relatório adequado para fazer minimamente o refinanciamento tributário para as empresas. “Essas empresas que estão inadimplentes, não é porque foram perdularias, não é por outra razão, a não ser pela crise que se implantou nesse país. Empresa fechada não dá resultado, não gera emprego e é isso que precisamos fazer”.

O deputado disse ainda que a Receita Federal e o Ministério da Fazenda colocaram obstáculos ao Refis adequado às empresas. Reduziu pouco as multas e juros e quer manter apenas em 25% a redução dos encargos., o que significa resultados para os procuradores na sua caixinha resultante das execuções fiscais em andamento”.

A taxa Selic, as penalidades e multas de 50%, 120%,150% deixaram as empresas sem condições de pagar os impostos e dívidas fiscais em atraso. “Temos que ter um Refis que dê um alento às empresas que vão contribuir com a arrecadação fiscal no mês seguinte porque quem está inadimplente não paga o imposto do mês seguinte. Ao patrocinarmos um Refis adequado que as empresas possam entrar em sua regularização, elas também irão pagar o imposto do mês. Dezenas de empresas não conseguem participar de licitação pública, não conseguem ter acesso ao crédito oficial por conta da inadimplência”, completou Kaefer.


7 comentários

  1. Piolho
    quarta-feira, 27 de setembro de 2017 – 21:21 hs

    Ele tem esperança de ressuscitar a falida Diplomata, com o nosso dinheiro! Espertalhão!!!!!!!

  2. Dercio
    quarta-feira, 27 de setembro de 2017 – 23:25 hs

    Esse não paga nem o milho e nem os frangos p os agricultores, imagina se vai pagar impostos

  3. FCarraro
    quinta-feira, 28 de setembro de 2017 – 1:04 hs

    Quanto? Dia sim, outro também… Quanto??

  4. Paulo Tadeu Macedo Neves
    quinta-feira, 28 de setembro de 2017 – 8:07 hs

    Esse deputado pode ser realmente um espertalhão em Brasilia , mas, fala realmente oque está ocorrendo no Brasil.
    Muitos empresários deixaram de recolher alguns impostos federais mas mantiveram o emprego de muitos funcionários.
    A fome do LEÃO dos LEÕES dos impostos é muito grande e cabe ao empregador sustentar essa máquina pesada que se chama Estado Brasileiro.
    Parabéns deputado.

  5. quinta-feira, 28 de setembro de 2017 – 8:27 hs

    “#ACORDABRASIL. É ele mesmo! Aquele que foi considerado o Deputado Federal mais rico do Parlamento. Um dos maiores devedores da Receita, do INSS. Sempre digo que sou a favor da livre iniciativa e que o Estado não pode e não deve se intrometer na vida das empresas e deve deixar os empresários e empreendedores trabalharem para gerar riquezas e empregos para o País. Continuo com esse pensamento. Mas não sou fundamentalista. Não tenho corrupto de estimação. Ele legisla em causa própria. Com raríssimas exceções são todos iguais. Tudo farinha estragada do mesmo saco. ‘NÓS’ não somos desse saco, não estamos nele, nem nunca estivemos!…” – Profº Celso Bonfim

  6. jackson zarpellon
    quinta-feira, 28 de setembro de 2017 – 10:22 hs

    caro Fabio, esse cara ta sempre no anonimato , não aparece em nada, assisto sempre a tv camara, a eleição se aproxima, gostaria de saber de voce porque agora ele aparece em teu site com frequencia, por favor, conte.

  7. Mimi
    quinta-feira, 28 de setembro de 2017 – 11:21 hs

    Malandrâo, é pra ele!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*