Delator da Odebrecht nega bilhete e pede análise de caligrafia | Fábio Campana

Delator da Odebrecht nega bilhete e pede análise de caligrafia

Radar on-line, VEJA

Ex-diretor superintendente da Odebrecht Realizações Imobiliárias (OR), Paulo Ricardo Baqueiro de Melo negou que seja responsável por anotações de propina encontradas no exterior.

Os advogados do engenheiro encaminharam pedido ao juiz Sergio Moro para que seja feito um exame de caligrafia do bilhete.

O documento apreendido mostra contas bancárias utilizadas pelo Setor de Operações Estruturadas da empreiteira com o nome de Baqueiro de Melo.

Como negou que participasse de operações no exterior, a comprovação de que o bilhete é de sua autoria poderia abrir caminho para a anulação da delação premiada.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*