Greca, recorde de desaprovação | Fábio Campana

Greca, recorde de desaprovação

O prefeito Rafael Greca de Macedo, do PMN, conseguiu bater um recorde incrível em curto período de sua gestão. O Instituto Paraná Pesquisas foi ao povo perguntar o que acha da administração pública de Curitiba. Os índices levantados são terríveis para o prefeito. Ora, pois, 70% dos curitibanos desaprovam sua administração. Nunca antes na história desta cidade um prefeito experimentou uma desaprovação dessa grandeza. Hoje, entre todos os governantes do país, Greca só está melhor que o presidente Michel Temer.

Leia mais


7 comentários

  1. joao
    domingo, 13 de agosto de 2017 – 9:33 hs

    O resultado é notório pelo número de secretário desalojados. O prefeito tem feito um esforço, principalmente, com a propaganda, mas, andamos em ruas precárias, saúde, educação…bastaria fazer o essencial bem feito, no entanto, um sonhador como se tudo estivesse pronto. Administração abarrotada de comissionados, cargos políticos sem o comprometimento de resultado.
    A cidade não pode ficar refém por 04 anos, se não tem capacidade deve ser destituido, vivemos a maior promiscuidade da nossa história entre os poderes legislativo e o executivo.
    O sistema de quadriênio deveria ter continuidade após avaliação do desempenho nos dois primeiros anos. Atualmente não existe política e sim máfia do poder, aliados por interesses pessoais.

  2. Lucão
    domingo, 13 de agosto de 2017 – 12:20 hs

    Venho falando a tempo que o Greca voltou como era. Antes , na outra gestão ele também fazia essas coisas, todavia era mais jovem, tanto êle como a MM. Ambos envelheceram, ficaram mais ranzinzas, e pior vingativos com quem discorda do comando da MM, que voltou com toda força e faca nos dentes.
    Hoje na Prefeitura dá a ompressão que as paredes tem ouvido, pelo menso é o que falam por lá e isso também ajuda o funcionário não colaborar, não participar, não confiar, 7 secretário já cairam, temmais que vem por aí, pois é difícil, contornar a crise financeira mas principamente a crise e o sapateado de ego do prefeito.
    A cidade não é aquela da década de 90 e que tinha uma estrutura pronta deixadas por Jaime Lerner, com mobilidade urbana, transporte modêlo e principalemnte projetos e além do mais pessoal compromissado com a gestão, pois não eram pressionados doi jeito que é hoje.
    Assim considerando a impertinência, a idade de ambos, a coisa vai ladeira abaixo e não pensem os dois que o funcionalismo está satisfeito vendo diariamente nomeações e mais nomeação no DO e ter que escutar que não tem recursos para pagar o que é devido aos servidores

  3. Rafael
    segunda-feira, 14 de agosto de 2017 – 14:17 hs

    Greca esta fazendo oq muito prefeitos anteriores não fizeram e ainda lidando com uma divida deixada por eles. Apoio Greca essas pesquisas são furada.

  4. Marcelo
    segunda-feira, 14 de agosto de 2017 – 14:17 hs

    Não sei de onde tiram estas informações, o Greca está sendo um bom gestor.

  5. João Barbosa
    segunda-feira, 14 de agosto de 2017 – 14:19 hs

    Eu acredito no Greca, pior que aquele Fruit que so fez merda, encheui de radar, coisoas inutels falta de idea, teve que imitar de SP ainda..

  6. Lucão
    segunda-feira, 14 de agosto de 2017 – 14:58 hs

    Os comissionados já partiram em defesa, isto porque a verdade dói.

  7. lkuizito
    segunda-feira, 14 de agosto de 2017 – 17:01 hs

    Do jeito que a situação se encontra com a saída de vários secretário e vem mais por aí, logo Greca chamará mais gente da época do Lerner e quem sabe ele prórprio deixe o Lerner tocar a Prefeitura, mas sem a MM

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*