Copel investe R$ 1,2 bilhão | Fábio Campana

Copel investe R$ 1,2 bilhão

A Copel investiu R$ 1,23 bilhão no primeiro semestre de 2017. Os investimentos foram em obras para melhorar fornecimento de energia em todo o Estado. Já ficaram prontas as subestações Hauer (Curitiba), Colombo, Rio Branco do Sul e São Valentim. “É um investimento expressivo, que melhora a infraestrutura de energia no Estado e o atendimento à população”, disse o presidente da Copel, Antonio Guetter.

Construída em Dois Vizinhos, no sudoeste do Estado, a nova Subestação São Valentim foi inaugurada nesta quinta-feira (10). A unidade recebeu investimentos de R$ 4 milhões e opera na tensão 34,5 kV. A Subestação São Valentim faz parte do programa Mais Clic Rural, que moderniza a rede em áreas rurais do Estado.

Estão em obras as subestações São Pedro do Ivaí, Catanduvas do Sul, Cambé, Cafelândia e Sítio Cercado (Curitiba). Também foram finalizadas as linhas de transmissão Ponta Grossa Norte/Klacel/Figueira e Londrina/Assis.

Na área de geração, avançam as obras da Usina Baixo Iguaçu e da reconstrução da Usina Térmica de Figueira. A Copel Telecom, que está ampliando a sua rede de fibra ótica no Estado, investiu R$ 103 milhões no semestre.

A receita operacional líquida da Copel foi de R$ 6,47 bilhões no semestre. O lucro líquido foi de R$ 568 milhões.


Um comentário

  1. JUSTICEIRO
    sábado, 12 de agosto de 2017 – 19:12 hs

    Os lucros da COPEL em relação ao seu elevado patrimônio é muito baixo, o que significa que está muito longe de ser bem administrado. Como acionista majoritário o ESTADO DO PARANÁ obtém inexpressivos resultados em termos de dividendos. Melhor seria a sua privatização, salvo se o interesse dos governantes em mante-la como estatal sejam políticos, o que é uma conduta desonesta e condenável.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*