No vermelho | Fábio Campana

No vermelho

Painel, Folha de S. Paulo

Mesmo com a aprovação de novas verbas para a retomada da emissão de passaportes, o aperto orçamentário segue preocupando a PF. Delegados têm alertado que, em agosto, pode faltar dinheiro para recursos básicos, como combustível, pagamento de diárias e manutenção de equipamentos.


5 comentários

  1. FUI !!!
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 9:11 hs

    O país está no vermelho literalmente (cor do PT) desde que o Lula
    assumiu o governo corrupto. O estrago que fizeram ao Brasil é irre-
    cuperável sob todos os aspectos. Se hoje “faltam” verbas para tudo
    e até para as atividades essenciais, o país está cada vez mais próxi-
    mo da Venezuela…

  2. VISIONÁRIO
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 9:14 hs

    O que todos nós, brasileiros do bem precisamos ter em mente não
    é se o Lula vai ser condenado mais algumas vezes, se o Palocci vai
    delatar, se o Temer cai ou não… o mais importante é desde já con-
    centrarmos o novo pensamento positivo visando as eleições de 2018.
    Se não encontrarmos um candidato sério estamos já com os dois
    pé na cova…

  3. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 10:11 hs

    O país está quebrado e alguns setores do funcionalismo não perceberam isso. Grande parte disso deve-se ao gasto exagerado do setor público e seus marajás, que se aposentam aos 50 anos com vencimentos integrais. Fora do conforto e da estabilidade dos empregos públicos há 14 milhões de desempregados, que não tem direito a reclamar a falta de verbas. Francamente.

  4. segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 18:52 hs

    MAS PARA COMPRAR VOTO O TEMER TEM, É SÓ PEGAR OS DOIS BI Q O GOVERNO FEDERAL USOU PARA COMPRAR VOTOS, Q DÁ PARA A FEDERAL E MUITO OUTRAS COISAS Q FALTAM.

  5. eleitor desmemoriado
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 18:59 hs

    Depois que eu receber o meu passaporte a PF pode ficar à pão e água. Quero o meu passaporte, paguei por ele.

Deixe seu comentário: