Manifestantes também atacam a casa de Dória | Fábio Campana

Manifestantes também
atacam a casa de Dória

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), foi alvo de protesto na manhã deste sábado, em sua casa, por manifestantes da esquerda petista e assemelhada. Bradava contra os projetos de privatização de equipamentos municipais e picharam o muro de Dória.

Cerca de 200 manifestantes do grupo “Levante Popular da Juventude” chegaram à residência de Doria no Jardim Europa, na zona oeste, por volta das 9h30, com cartazes, bandeiras do Brasil e do Movimento Sem-terra, máscaras do prefeito e tambores. O muro da casa do prefeito foi pichado com a inscrição “SP não está à venda”.

O protesto foi marcado por gritos de ordem contra os projetos de desestatização. A dada altura, os manifestantes simularam um leilão de locais como o estádio do Pacaembu e o parque Ibirapuera, contemplados nos planos do prefeito.


10 comentários

  1. Sergio Silvestre
    sábado, 15 de julho de 2017 – 17:03 hs

    Esse idiota pom pom cheio de talco que comece também a por as barbas de molho,não é só a esquerda que está enojada com os políticos ,muitos da direita também estão de olho e esse rompante do cheirador de peido ai só vai acirrar mais os manifestantes.

  2. Jair Pedro
    sábado, 15 de julho de 2017 – 19:17 hs

    Diz um velho ditado: quem nasceu para puxar carroça, nunca vai segurar as rédeas. Esse tipo de manifestação é típico dos inconformados. É a classe de restolho do BRASIL PÁTRIA EDUCADORA da presidenta que queria ensacar vento.

  3. Juca
    domingo, 16 de julho de 2017 – 5:36 hs

    Comentário ridículo esse do SS Calça Frouxa. Nossa. Que ódio! Só de raiva rasgou a sunguinha vermelha modelito fio dental meteu os dentes na fronha!

  4. Do Interior...
    domingo, 16 de julho de 2017 – 12:55 hs

    É o exército do Stédile, a mando de Lulla, claro. Mesma tática da Venezuela, em que os ditos ” movimentos sociais ” mostram a verdadeira cara.

  5. Maria Cecília Surita
    domingo, 16 de julho de 2017 – 18:56 hs

    Infelizmente a esquerda brasileira não sabe respeitar as regras de um protesto. Não conheceram as manifestações Era Collor, quando não precisava agredir ninguém. A mesma falta de ética aconteceu no casamento da deputada Maria Victoria. Democracia é uma coisa, jogar ovos em pessoas é outra, completamente diferente. Chega Paraná!

  6. PRONTO FALEI
    domingo, 16 de julho de 2017 – 18:58 hs

    Pra mim são pessoas financiadas, em troco de um sanduíche ou 100 reais. Como acontece nos manifestos ridículos lá em Brasilia e também no casamento da filha do ministro. Pessoas raivosas, pedindo pra apanhar e se fazer de vítima. RIDÍCULO

  7. Jotinha
    domingo, 16 de julho de 2017 – 22:48 hs

    toma borrachada e depois fica na justiça pedindo indenização do Estado, bem coisa de pobre ignorante mesmo …

  8. paulo roberto kiska
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 10:43 hs

    Perdeu se o respeito os valores num Pais tão amado pelos Brasileiros essa éra PT acabou com a Educação e Cidadania,virou se um banditismo sem fronteiras nesse Brasil e ainda querem perpetuar no poder mas o povo brasileiro tem conciencia de sua responsabilidade e vai fazer sua parte. FORA PT FORA LULADRÃO.

  9. Jotinha
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 11:44 hs

    Residência particular, escolas, presídios, hospitais, ruas e avenidas públicas, casamento não é local de protestos, e muitos outros lugares em que impede o direito de ir e vir; se quiser protestar vai em frente a Prefeitura, palácios, praças, mas não fique desrespeitando a democracia e o direito de ir e vir.

  10. Daniel Fernandes
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 14:35 hs

    Quero lembrar a todos que isto que intitula-se de ‘esquerda’ não é esquerda.
    Esquerda de verdade não defende apenas os direitos de alguns. Defende os direitos de todos.
    Como exemplo, posso citar a APP Sindicato, que defende os direitos dos professores, mas, por exemplo, em vez de usar táxis, usa o Über, para economizar.
    Enquanto isso, taxistas (falei com um recentemente, e a situação deles está de amargar), que andam dentro da lei, tem obrigações com a Prefeitura, pagam taxas, etc., dão-se mal com a ‘economia’ deles.
    Uma ‘economia’ que pode vir a ter sérias consequências a médio e longo prazos.
    Mas não interessam as consequências a médio e longo prazos, né?
    Interessa apenas a ‘economia agora’.
    ESQUERDA NADA.
    SÃO É UMA DIREITA BEM DISFARÇADA.
    E ISTO INCLUI TODOS QUE DIZEM-SE DE ESQUERDA AQUI NESTE PAÍS (Marina, Ciro Gomes, etc., além dos óbvios L(M)ula, etc.).
    Pronto, falei!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*