Doria em Curitiba por apoio de Moro | Fábio Campana

Doria em Curitiba por apoio de Moro

Na volta de sua viagem à China, que começa no dia 21, o prefeito de São Paulo, João Doria, desembarcará em Curitiba. Participa de almoço com comida típica a convite de associações empresariais. A visita foi confirmada logo após ele pedir apoio ao juiz Sergio Moro, o algoz de Lula, em vídeos. AS informações são da coluna Painel, da Folha de S. Paulo.

Com a perspectiva real de Lula se tornar inelegível, Doria, que se notabilizou pela autoria dos mais duros ataques ao petista no tucanato, deve adotar como mantra a defesa da Lava Jato. É uma forma de marcar oposição ao discurso do petista, ainda que ele fique de fora da corrida de 2018.


3 comentários

  1. domingo, 16 de julho de 2017 – 14:01 hs

    Exatamente esse Dória é malandro de porteira ele sempre soube que era um zero a esquerda e para saberem de sua existência bate em Lula que tem luz própria pobre do Geraldo Alckmin que criou uma cobra que cedo ou tarde vai lhe morder

  2. Vingador das Araucárias
    domingo, 16 de julho de 2017 – 18:14 hs

    Calma aí sr. Rock. A luz que o Lula tem, que você fala, deve ser de vela, que a brisa da honestidade que sopra em República de Curitiba está apagando.

  3. Jotinha
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 9:13 hs

    Pois é, deve ser valorizado a atitude de um cidadão desses, melhor apoiar Moro que está do lado da lei, que certos bandidos que vivem se escondendo na política, nunca querem ser punidos sob o argumento de que é perseguição política, coisa ridícula (se for só perseguição que seja livre, mas se for perseguição acompanhada de atos errôneos que pague “bom cabrito não berra”); Esse Dória, eu não sou eleitor dele, mas nunca foi um zero a esquerda, foi e é um empresário de sucesso, esteve lutando e ganhando dinheiro com o seu trabalho de empresário, diferente de muitos que acham mais importante estar na politica para fazer a vida (como dizem), resolveu entrar na politica agora e pelo que consta não tem usado propinas para gastar na politica, e nem precisa ele tem dinheiro pra isso, se isso for crime aí é outra coisa.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*