‘A responsabilidade de mudar é nossa, o povo’ | Fábio Campana

‘A responsabilidade de mudar é nossa, o povo’

Do Procurador-Regional da República Carlos Fernando dos Santos Lima:

“A RESPONSABILIDADE POR MUDAR O PAÍS SERÁ DO POVO.
Leio muito aqui: “o povo não faz nada” ou “o povo brasileiro é incapaz de mudar”.
Não acredito nisso, pois eu sou povo, assim como você que me lê, bem como o Dr. Sérgio Moro ou Deltan Dallagnol.
Todos somos capazes de promover mudanças, e seremos responsáveis se perdermos a oportunidade que a operação Lava Jato oferece.
Ajudar, é simples:
Se houver um desanimado, que haja dez incentivando a voltar para a luta.
Se houver quem tenha medo da volta do passado e por isso prefira o presente, que haja dez dizendo que manter a política de hoje é perdermos nosso futuro.
É se nos depararmos com o abuso, com a corrupção, com a falta de ética, com a intolerância e o desrespeito, vamos nos indignar e renovar nossas forças.
A RESPONSABILIDADE DE MUDAR É NOSSA, O POVO.”


7 comentários

  1. segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 14:35 hs

    Blá blá de gente inteligente se quisessem mudar a corrupção já teriam feito com o caso Banestado que perderam a chance a anos atrás bem como agora com a Lava Jato onde ficam procurando bandidos mal cheirosos e livrando bandidos bem cheirosos, esse papinho é para boi dormir.

  2. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 15:01 hs

    Está aberta a temporada de caça aos votos do “povo”, afinal, 2018 está chegando aí, gente.

  3. Carlos
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 15:43 hs

    Sim, somos o povo… tenho salário de 100 mil, férias de 3 meses.. posso encher um gabinete de indicados, mas somos o povo… que cara de pau!!

  4. Daniel Fernandes
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 15:46 hs

    Meu caro Carlos Fernando dos Santos Lima: vivo esbarrando com o senhor voltando do almoço com seus colegas (moro perto da Procuradoria da República no Paraná).
    Da próxima vez que encontrar-lhe na rua, apertarei a sua mão, dizendo “Parabéns” e “Obrigado”.

  5. Daniel Fernandes
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 15:47 hs

    Doutor Prolegômeno, o meu voto eles não terão.

  6. Daniel Fernandes
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 16:01 hs

    Carlos:

    “Sim, somos o povo… tenho salário de 100 mil, férias de 3 meses.. posso encher um gabinete de indicados, mas somos o povo… que cara de pau!!”

    Só te dou um recado, Carlos, já que você está tão indignado com as ‘vantagens’ dos procuradores. Estude e passe no concurso para a Procuradoria. Pois se você não sabe, ele está lá por ter estudado Direito e ter passado no concurso. Ele não está lá ‘indicado’ por alguém ou ‘eleito democraticamente’. Ele está lá por MÉRITO.
    Se você tem inveja do Moro e do Carlos Fernando, estude, passe no concurso. Ok, Carlos?

  7. Daniel Fernandes
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 16:03 hs

    E tem mais, Carlos.
    Se o procurador citado pelo Fábio e o Sérgio Moro ganham mesmo 100 mil reais, eu não sei.
    Mas caso ganhem, MERECEM CADA CENTAVO.

Deixe seu comentário: