Joesley “rifou” Brasil para garantir migração da JBS aos EUA | Fábio Campana

Joesley “rifou” Brasil para garantir migração da JBS aos EUA

Vanessa Adachi, Valor Econômico

Não só Joesley Batista está de mudança para Nova York. O frigorífico JBS, uma das maiores empresas de alimentos do mundo, está de mudança para o exterior. E essa é a explicação para que o empresário tenha decidido fechar a toque de caixa a delação das delações.

Ao “rifar” o governo Temer e, no caminho, lançar o país no abismo das incertezas política, financeira e econômica, Joesley Batista quer assegurar o passaporte de seu grupo para fora do Brasil. Para garantir a execução do plano traçado, a empresa e seus controladores precisavam se acertar com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, o poderoso DoJ.

A maior parte das operações do JBS — quase 80% — já estão no exterior hoje. Nos Estados Unidos são 56 fábricas de processamento de carne e quase metade das suas vendas globais.

Em dezembro o grupo aprovou a realização de um IPO na Bolsa de Nova York, num amplo processo de reorganização que levará o grupo a deixar de ser essencialmente brasileiro. A empresa que abrirá o capital é a JBS Foods International, com sede na Holanda, e que deterá todos os negócios internacionais da JBS e da Seara.

Ainda no ano passado, o grupo tentou migrar sua sede para a Irlanda, como parte desse plano, mas a rota teve que ser alterada por oposição do BNDES e quando o Brasil passou a considerar aquele país um paraíso fiscal.

Os Batista agiram rápido, escolhendo o caminho oposto ao da família Odebrecht, que viu seus negócios sangrarem enquanto relutava em colaborar com as investigações.


16 comentários

  1. Simões
    sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 12:48 hs

    Sem vergonha, salafrário, obstruiu a justiça comprando silêncio e agora sai numa boa, com ap próprio em Nova York, enquanto o INSS fica quieto sobre sua dívida.

    O Brasil precisa urgentemente tomar vergonha na cara, não é só com políticos não, também contra empresários mafiosos como este que não se importou nem um pouco com o que iria acontecer com sua delação de dedo-duro.

    Não estou aqui defendendo ninguém, mas onde está o mandado de prisão deste cara? O Delcídio foi preso por muito menos, e este crápula está desfilando nos Estados Unidos e rindo da nossa cara.

  2. FCarraro
    sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 13:32 hs

    Simples assim: se rouba; se compra leis e benesses no atacado do mercado de ofertas instalado no Congresso Nacional; pega-se milhões a juros zero ou a fundo perdido junto ao BNDES; não se quita obrigações com o Tesouro; nega-se a quitar obrigações para a Previdência Pública – INSS; protela compromissos trabalhistas.
    Ai, como bandido, grava bandidos, lança definitivamente o país no caos político e econômico, faz uma Carta Pública pedindo “desculpas” pelo comportamento larápio canalha, reconhece que corrompeu e foi cúmplice nos roubos aos cofres da nação e de toda uma sociedade trabalhadora e jurando nunca mais fazer isso pega sua mala e vai-se embora do Brasil, levando sua montanha de dinheiro roubado para o exterior. Bacana, né?

  3. Do Interior...
    sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 13:42 hs

    Para mim esse pessoal da friboi é bandido. Vao sair impunes. Todos sabem, onde esse pessoal atua, que usaram o dinheiro do BNDES para comprar todos os concorrentes e fechar, para ficarem sozinhos e sem concorrentes. Eo M P caiu nessa kkkk.

  4. Do Interior...
    sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 13:43 hs

    Isso não isenta os políticos, bem entendido!!!

  5. indignado3
    sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 13:47 hs

    Graças ao GOVERNO DO PT, que através do BNDS o grupo JBS tornou-se uma das maiores empresas do mundo. Com financiamentos subsidiados em troca de PROPINA para a CORJA: LULA, Seus filhos
    DILMA, MANTEGA, e a PETEZADA TODA. Agora através de uma
    DELAÇÃO duvidosa, os Irmãos Batista, Devem estar rindo da nossa
    cara, lá nos EUA., e estão provando que o CRIME COMPENSA. O
    SAPO BARBUDO, deve estar chamando o AÉCIO E O TEMER DE
    AMADORES, por terem caido fácil na trama.

  6. QUESTIONADOR
    sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 13:56 hs

    -Mais um que vai dar uma “banana” para este miserável País!!!
    -Este “empresário” emprestou dinheiro(nosso dinheiro, do povo brasileiro)do BNDES em uma operação, no mínimo, nebulosa, à juros bonzinhos, abre o capital na Bolsa de Valores de NY, ganha mais dinheiro, e deixa o “osso e a carcaça podre” para o Brasil. Enquanto isso, a delação deste “cidadão” é aceita e seus crimes podem ser perdoados??? É isso, simples assim?? Nada de cadeia para esta turma então???
    -Até que ponto chegamos???
    -A Lei não alcança “grandes empresários”, pois estes sempre tem uma carta na manga???

  7. Anônimo
    sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 13:58 hs

    Pois é, mas, para transferência da empresa não precisa uma negativa de pendências? Se for correto essa questão, o Brasil deveria cobrar as dividas do INSS ao menos isso.

  8. pato-branquense
    sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 14:06 hs

    Faço minhas as palavras do Simões….enquanto estava bom para ele, ficou quietinho. Baita salafrário….e a imprensa nem ao menos o constrange, pedindo se ele vai devolver o dinheiro que pegou do BNDES…..

  9. Do Interior...
    sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 14:12 hs

    Com esta delação ficou mais óbvio que a JBS é do LuLLa. Durante treze anos a JBS surfou nas ondas dos benefícios dados pela era PT, doações de campanha bilionárias e crescimento vertiginoso.

    Mas, curiosamente, os irmãos “wesleys” delataram só a oposição que nem estavam no poder. Não é estranho?

    Tenho certeza que neste mato tem coelho. E o coelho tem 9 dedos, bandeira vermelha com uma estrela e quer voltar ao poder, custe o que custar.

    Fora todos! Senão é tudo ilusão!

  10. Luiz Antonio
    sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 14:48 hs

    Realmente, um salafrário da pior espécie. Só nos resta agora acreditar na justiça divina.

  11. Azedo
    sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 14:49 hs

    Esses irmãos JBS mereciam puxar os mesmos dez anos de cadeia que o Marcelo Odebrecht. E pagar as mesmas multas pesadas que a Odebrecht, na casa dos bilhões. No mínimo para haver justiça e paridade entre os corruptores de igual catadura.

    Não há “cartinha de desculpas” que pague o tombo que nossa economia sofreu por causa desses trastes!

    Empresas como estas abaixo nunca mais deveriam receber um único centavo de nossos bolsos:
    Swift
    Friboi
    Seara
    Vigor
    Itambé
    Minuano
    Banco original
    Canal rural
    Alpargatas
    Havaianas
    Mizuno
    Osklen

  12. sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 14:56 hs

    aqui temos o “poderoso” SIF” , um verdadeiro traque !

  13. Observador
    sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 15:01 hs

    Há de se perguntar: toda essa benécia aos irmãos Batista, em troca dessa delação com a PGR, é só legal? Pelo histórico dos irmãos, tenho cá minhas dúvidas.

  14. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 15:25 hs

    Você, contribuinte miserável, vai mourejar de sol a sol, suando seu rosto, até o final dos seus dias, e bem assim, seus descendentes, por trinta gerações, não ganharão o que esta súcia ganhou em 15 anos, multiplicando seu patrimônio e exportando o capital para viver nos EUA como magnatas modernos, na quinta avenida. Compras na Tiffany’s e em outras lojas onde não se gasta menos de 100 mil dólares numa joia. O Brasil da delação premiada é um prêmio aos vagabundos e safados, financiados com o dinheiro público.

  15. FOCA
    sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 16:50 hs

    O elemento sabe que no Brasil a probabilidade dele continuar sendo “mordido” ‘ad aeternum” é grande, e sua empresa sempre vai ficar agindo na lâmina da navalha entre o lícito e o ilícito. A corja dos políticos bandidos não larga o osso.
    Se a JBS arrombou mesmo o cofre do BNDES só conseguiu com ação comissiva dos políticos bandidos.

  16. Helena
    sexta-feira, 19 de maio de 2017 – 22:47 hs

    Quem liberou o empréstimo de 8 bi… do BNDES à maldita e corrupta JBS deveria pagar com juros, multa e correção monetária, dessa dinheirama”emprestada” aos calhordas ladrões de colarinho branco, e ainda, arquitetaram toda essa trama para acabar de vez com o nosso País.

Deixe seu comentário: