"Quero conversar bastante com o Paraná", diz Osmar Dias | Fábio Campana

“Quero conversar bastante com o Paraná”, diz Osmar Dias


O jornal Impacto publicou longa entrevista com Osmar Dias, candidato a governador, que esclarece ideias e projetos que ele pretende apresentar ao Paraná. É o que segue:

Ex-secretário da Agricultura, ex-senador da República, e ex-diretor de Agronegócios do Banco do Brasil nos últimos cinco anos, Osmar Dias se apresenta como pré-candidato ao governo do Paraná.
É o primeiro nome dentre aqueles que são desde já citados nas especulações que colocam a sucessão de Beto Richa como assunto em pauta desde este início de 2017, de olho em 2018.
Apontado em primeiro lugar nas pesquisas que desde o final do no passado começaram a sondar a opinião pública paranaense, Osmar Dias do PDT, se apresenta com todas as credenciais para marcar uma presença das mais vigorosas numa disputa deste vulto.

TV Impacto compareceu ao escritório político de Osmar Dias para uma entrevista que mostra, claramente, a plena disposição do mesmo em voltar de forma direta ao cenário das discussões políticas, depois de ficar afastado por cinco anos desta área, por força do cargo que passou a ocupar como diretor do Banco do Brasil.Nesta entrevista para a TV Impacto, que o jornal Impacto Paraná registra em alguns detalhes, os leitores poderão perceber e analisar a disposição deste nome para as eleições de 2018.

CRISE
“Para resolver o problema da economia tem que resolver primeiro o problema da política”, começou Osmar Dias saudando a TV Impacto em seu primeiro contato com nossa reportagem para falar a respeito da crise nacional que estamos vivendo no país.
Osmar Dias começou dizendo que a crise econômica que vive o país se deve a crise política, preocupando o desemprego que tomou conta de forma avassaladora o Brasil
Fez uma análise curta, mas objetiva em suas primeiras palavras, deixando claro que a visão nacional nestes últimos cinco anos lhe deu a bagagem necessária para ver o Brasil com amplo conhecimento da presente situação.

CARGO
Osmar Dias falou a respeito de sua experiência como Vice-Presidente de Agronegócios e de Micro e Pequenas Empresas, do Banco do Brasil, cargo que lhe permitiu conhecer nestes cinco anos as mais diversas situações que vive o país, citando que o agronegócio é gerador de 25% dos empregos no país, enquanto as micro e pequenas empresas são responsáveis por 60%%, fazendo com que os dois setores gerem nada menos queda 85% dos empregos no Brasil,
Disse que nestes cinco anos ocupando o cargo de maneira técnica, pode conhecer um modelo de gestão exemplar nesta instituição, não permitindo que se registrem desvios de função e corrupção, modelo que deveria ser aproveitado para as funções públicas em todo o país, evitando situações que são normais hoje em vários setores da vida nacional.
“Aprendi muito”, disse Osmar Dias, deixando claro que esta experiência lhe permite uma visão ampla dos problemas nacionais.

TÉCNICO E POLITICO
Dizendo que o Estatuto do Banco do Brasil não permite que se misture política com a função técnica na citada instituição, apontou esta como uma das razões que o fez evitar de participar de qualquer programa político nestes cinco anos, evitando confusão de imagem.
“Respeitei e fui respeitado”, deixando o Banco do Brasil admirando a instituição e imaginando, segundo disse, que também tenha deixado admiradores com sua atuação técnica naquele cargo, onde deixou muitos amigos.
Isto explica o aparente afastamento político que militantes partidários lhe cobraram nestes últimos cinco anos, demonstrando a clareza de propósitos com que se empenhou nas funções de diretor do Banco do Brasil.

PRONTO
Osmar Dias contou nesta entrevista de sua visão total do país, mantendo contatos principalmente com as classes produtoras dos agronegócios, das cooperativas e, por extensão, com a sociedade em geral.
Foi um tempo suficiente para aprender muito deste país e da área que ocupei, ficando preparado para novas missões que terá de enfrentar no futuro.
“Estou pronto para aceitar os desafios que terei pela frente, principalmente este desafio político que agora está sendo apresentado”
POLITICO
“Se as pessoas sérias se afastarem e não se apresentarem para esta ação, os picaretas vão continuar atuando com desenvoltura em nosso país”, deixou claro Osmar Dias ao comentar a presente situação nacional.
As pessoas olham a classe política na atualidade, disse ele, com desconfiança, e não é isso que querem para o seu país, com situações onde loteiam os Estados, usam os seus cargos e nomeiam gente por intermédio de partidos para se beneficiarem futuramente destes mesmos partidos, conforme se denunciou há pouco tempo.
“Esse modelo de ocupações de cargos é a nascente de toda a corrupção hoje existente no Brasil”.
E arrematou: “A política precisa mudar e os políticos precisam mudar”.

ELEITORADO
Lembrado pela TV Impacto que é dono de um eleitorado próprio que se manteve fiel mesmo com sua presença mais direta nos últimos tempos, Osmar Dias disse que volta a se apresentar a este mesmo eleitorado com humildade, com respeito como sempre, e ouvindo o apelo para voltar.
Apelo que ele lembrou, principalmente por parte dos produtores rurais, pelas cooperativas, e todos aqueles que sempre acreditaram em seu projeto político, lembrando aquilo que fez nos tempos do Paraná Rural.
“Eu ouço hoje muitas reclamações sobre as estradas rurais, e isto será uma das bases do meu projeto político, pois os produtores rurais, principalmente, precisam de alguém com vocação nesta área para atender os seus anseios”
E concluiu esta manifestação dizendo: “Estou desde já ouvindo muito toda a população paranaense”.

PROJETO
Governador ou Senador, perguntou a TV Impacto.
E Osmar Dias disse com toda segurança: “Meu projeto é de governo porque eu já fui senador por duas vezes. Estive em Brasília durante 21 anos, inclusive estes últimos 5 anos no Banco do Brasil, e me preparei à vida inteira para este momento político.
E arrematou com toda segurança: “Eu perdi duas eleições para governador, mas não perdi a dignidade”.
E continuou Osmar Dias dizendo: ”Estou feliz. Pensei até em deixar a política, mas vendo o cenário atual onde eu posso dar a minha contribuição, e sentindo esta aceitação nas pesquisas me convenceram a apresentar o meu projeto de governo para o Estado do Paraná”.
Com o estilo sério que o identifica, Osmar Dias disse: ”Eu tenho 64 anos e hoje não tenho mais nenhuma razão para ter vaidade. Está na hora de tratar a política com seriedade e estou pronto para esta tarefa”.

PONTOS
Destacando os pontos principais de seu Projeto de Governo, Osmar Dias disse que é preciso mudar totalmente a forma de fazer política, sendo preciso acabar com o fisiologismo que chega ao cumulo de nomear ministro por conta de política e não capacidade técnica, servindo aos seus próprios interesses.
“Não serei candidato assumindo compromissos que não possa cumprir. Eu não vou atender compromisso de atender apelos políticos, não vou lotear o Estado, isto tem que acabar”.
E deixou bem claro: “O Estado precisa de menos gente, mais gente técnica, precisa enxugar a máquina, fazer parcerias com a iniciativa privada sim, parcerias com as cooperativas, por exemplo, pois isto poderá alavancar a agro industrialização do Estado gerando emprego, rendas, riquezas”.

PEDÁGIO
Esta manifestação de Osmar Dias deixa claro sua maneira de pensar em relação a um polêmico assunto; pedágio.
Ele falou com todas as letras: “Parceria, sim, posso até aceitar concessões, mas não com o pedágio, cobrando o preço que vem sendo cobrado. A gente precisa rever isto. Esse negócio de discutir renovação de contrato, comigo não! Não tem renovação”.

REFORMA
Quanto à reforma política, assunto levantado pela TV Impacto, Osmar Dias disse que “eu não tenho ainda nenhuma decisão sobre aliança em relação a partido, em relação a uma chapa, enquanto não tiver essa anunciada reforma política. Se esta reforma não vier, então vamos conversar a respeito”.
Declarando que “os partidos neste momento são menos importantes que as pessoas, Osmar Dias disse que a população precisa agora olhar muito bem em quem pode ou não pode confiar como candidato”.

PARANÁ
Dizendo que a situação do Paraná na atualidade é das melhores e o que o Estado tem a oferecer tem que ser mantido, pois temos que continuar fazendo o que sabemos fazer muito bem”.
Temos que cuidar da agroindústria, da saúde, da infraestrutura, dizendo da necessidade de se abandonar o velho discurso e partir para uma nova missão.

ALVARO E O FUTURO
Era inevitável.
TV Impacto fez a pergunta que todos queriam fazer pessoalmente a Osmar Dias.
Com relação ao seu irmão Alvaro Dias, já houve um diálogo sobre o futuro político:
E Osmar Dias disse tranquilo: “Já temos tudo definido. Essa discussão ocorreu de forma profunda. Existe um respeito recíproco. Eu apoio o Álvaro, em qualquer partido em que ele esteja para ser candidato a Presidente da República; E tenho a certeza de que ele fará o mesmo comigo para governador do Estado”.
Quanto a pessoas afinadas ou em confronto político, Osmar Dias reservou-se e disse não desejar responder para não ferir susceptibilidades, embora isso não seja do seu feitio.
“Tenho respeito com todos àqueles que fazem política com seriedade”, arrematou.

SEM INTERMEDIÁRIO
Osmar Dias voltou a repetir nesta entrevista que a crise que estamos vivendo foi criadas pela política, concluindo que “a gente tem o direito de errar, mas não tem o direito de continuar cometendo os mesmos erros. Estamos com muitos setores do país na UTI”.
Dizendo que precisamos cuidar mais da Segurança Pública, precisando ser colocado em ordem aquilo que a população reclamou nas ruas, em manifestações, protestos, e ajudar a todos a cuidarmos dos problemas do país.
“Chegou a hora da população decidir sem intermediário. Sem essa questão de que os partidos é que mandam e os partidos é que decidem o futuro da sociedade. Não, a sociedade é que tem que decidir o que ela quer para ela mesma”.
Osmar Dias reconheceu que a classe política não tem dado conta sozinha do recado das ruas, e a sociedade precisa agora participar mais intensamente, deixando claro que nem todo político é bandido, pois tem muita gente séria que merece respeito e fazendo sua parte por este país.

FINAL
Para concluir, depois de confirmar sua plena disposição para o desafio que terá pela frente, Osmar Dias deixou o recado final dirigido para todos àqueles que desde já começam a analisar o cenário político paranaense com vistas a 2018.
“Quero conversar bastante com o Paraná”, concluiu esta primeira entrevista para a TV Impacto onde reafirmou o seu propósito de disputar as próximas eleições para o governo do Paraná.


21 comentários

  1. SOLANGE LOPÉS
    sábado, 11 de março de 2017 – 12:25 hs

    Oportunista. Sempre a favor dos ventos. Ontem estava do lado de lá, hoje do lado de cá. Político profissional. Chega dos mesmos.

  2. SOLANGE LOPÉS
    sábado, 11 de março de 2017 – 12:29 hs

    Meu velho tio, que foi político, sempre dizia.¨Para ser político o quesito principal é ser sem vergonha.¨

  3. Macambúzio
    sábado, 11 de março de 2017 – 14:33 hs

    – ANTES DE PEDIR O VOTO AOS PARANAENSES, EXPLIQUE AO POVO O SEU AMOR A LULA, DILMA E AO PT!!! NÓS NÃO SOMOS BESTAS, OSMAR!!!

  4. clarice franze
    sábado, 11 de março de 2017 – 19:36 hs

    EU SOU OSMAR DIAS PARA O GOVERNO DO PARANA;

    INDEPENDENTE DE PARTIDO.

  5. BinLaden
    sábado, 11 de março de 2017 – 23:06 hs

    Sei o que ele quer, ser governador e se locupletar como todos..
    conversar com o povo, conversa pra boi dormir

  6. domingo, 12 de março de 2017 – 1:37 hs

    Fui candidato a deputado na campanha do Osmar e tive o prazer de conhecer bem o caráter dele,creio que este sera o melhor candidato ao governo do Paraná.Ainda não tive o prazer de falar com ele,mais estarei pronto a apoia-lo.Fica aqui o meu abraço e torcendo a velo como governo do Paraná.

  7. Parreiras Rodrigues
    domingo, 12 de março de 2017 – 8:12 hs

    A imaginação do blogueiro P. T. de Morais é ilimitada. E cruel. Inventou agora uma “cientista” política – a Boca e os butecos estão cheios deles, que garante que Requião vence em todas as paradas. A “cientista” atende pelo nome de Ana Bitiriuc. Que, inventido, dá Curitibana. É o cú da anta!

  8. henry
    domingo, 12 de março de 2017 – 10:53 hs

    DEPOIS DE CITAR O osmar INDECISO dias COMO VÁRIOS “ex” ISSO OU AQUILO, FALTOU CITAR O PRINCIPAL ex. EX petista. AFINAL ELE APOIOU DESDE O INÍCIO, O (des)GOVERNO MAIS corruPTo DE TODA A HISTÓRIA POLÍTICA DO BRASIL. OU SEJA, A MERDA QUE SE ENCONTRA OS DIVERSOS SETORES DA ECONOMIA BRASILEIRA TEM O DEDO DA PESSOA CITADA NESTA MATÉRIA. E O CARA QUE TEM MUITO EM COMUM COM O requião, (afinal nunca trabalhou), SEMPRE VIVEU AS CUSTAS DA POLÍTICA E DE CARGOS POLÍTICOS, QUER SER CANDIDATO AO GOVERNO DO ESTADO? SE FOR, NÃO GANHA DA CIDA.

  9. domingo, 12 de março de 2017 – 11:07 hs

    Amigo Osmar Dias; sempre acompanhei, na política, a família Dias. Não poderia ser diferente nesta nova candidatura a Governador, pode contar com meu voto e com meu apoio. Vou divulgar suas ideias, e comentar dessa sua entrevista, séria, responsável e oportuna aos amigos e eleitores, para juntos mudarmos esse nosso Paraná. Um abraço do seu amigo, Cabrera.

  10. Darci
    domingo, 12 de março de 2017 – 14:03 hs

    Osmar é o Parana retornando a uma politica de reaproximação do povo com o governo Industrializando o agro negocio agregando valores aos nossos produtos.Com amplo conhecimento do pequeno negocio que alavanca a economia do Pais certeza que Osmar governador nosso Estado avançara muito no que diz respeito a pequenas empresas as Meis tambem se tornaram mais forte com certeza com linhas de credito para o Empreendedor individual sair da informalidade OSMAR DIAS GOVERNADOR EU ACREDITO

  11. Pirado
    domingo, 12 de março de 2017 – 16:43 hs

    OSMAR PEDIRÁ AJUDA DOS SEUS AMIGOS DO PT PARA GOVERNAR O PARANÁ!! FINALMENTE O PARANÁ VAI SENTIR O GOSTINHO DE TER UM GOVERNO ESQUERDISTA, QUE USA O GROSSO DOS RECURSOS PÚBLICOS PARA AJUDAR MEGA-EMPRESÁRIOS!!! VAI SER EXCELENTE PARA O PARANÁ TER, FINALMENTE, O PT NO GOVERNO ESTADUAL!!!

  12. domingo, 12 de março de 2017 – 20:44 hs

    O parana precisa de politicos novos temos que acabar com essa mafia ..alvaro dias osmar reguiao filhos e requiao mauricio fruitt.ratinho juniot.cida borghet e ricardo barros e precisamos politicos que.pensa no pobre e no trabalhador esses ai tudo.ladroes oprtumista ao pensam neles manter as fortunas que alcansarao querem +chega o paranaense precisa politicos honesto e caracter e pensa na populacao trabalhadora…da raiva de ver sempre o mesmo esse ai senador tanto anos nunca fez nada para povo paranaense agora quer votar de novo vai pro inferno……

  13. Do Interior....
    segunda-feira, 13 de março de 2017 – 8:30 hs

    Para subir no caminhão com a Dilma não quis conversar. Agora nunca terá meu voto!

  14. Kethyln Andressa
    segunda-feira, 13 de março de 2017 – 17:24 hs

    Futuro Governador do Paraná!

  15. francisco beltrao
    segunda-feira, 13 de março de 2017 – 17:48 hs

    Osmar será o proximo governador do Parana. pode contar conosco.

  16. Mirian Vargas
    terça-feira, 14 de março de 2017 – 5:42 hs

    Pode contar com meu voto,vc sempre teve a minha simpatia,nao tenho obrigatoriedade pra votar aos 70 anos,mas irei as urnas pra votar no teu nome
    mirian vargas

  17. João Marques
    terça-feira, 14 de março de 2017 – 9:37 hs

    Pelo Agronegócio, pela educação de período INTEGRAL ,12 Osmar Governador.

  18. Dionleno Silva
    terça-feira, 14 de março de 2017 – 10:59 hs

    Se trair os petistas voto no Osmar, se ele fizer um meaculpa e assumir que errou ao subir no palanque com Dilmaldita, Luladrão, Req MAmona e Barbie Ladra terá apoio da população.

  19. Dionleno Silva
    terça-feira, 14 de março de 2017 – 11:19 hs

    Normal dos políticos, muita conversa, pouco trabalho e muita roubalheira

  20. tuy ´TECNICO EM TRANSITO
    quinta-feira, 23 de novembro de 2017 – 8:54 hs

    Martin Lutero, antes comia no mesmo saco que os outros, mas viu muitas coisa fora da realidade bíblica, por exemplo, vendas de indulgencias, e o que aconteceu? deixou a pratica libidinosa, e foi o revolucionário da igreja Cristã. Osmar dias também era um Joio no meio do trigo, mas observando o caminho ignorado em que, o Pais estava seguindo, resolveu então revolucionar a nossa politica, por isso ele quer mostrar a regeneração se candidatando ao governo do estado
    vem mudanças extraordinárias por ai, na Segurança, educação e principalmente na saúde publica, á, e estava me esquecendo, vai ter surpresas boas no IPVA do Paraná, aguardem.
    eu acredito na honestidade de Osmar Dias, AVANTE PARANÁ, MUDAR PARA FAZER A DIFERENÇA.

  21. Luiz Setti
    segunda-feira, 21 de maio de 2018 – 20:49 hs

    estou com Osmar para governar o Paraná e Álvaro na presidência da República.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*