Presos da Lava Jato não serão beneficiados, diz Ministério da Justiça | Fábio Campana

Presos da Lava Jato não serão beneficiados, diz Ministério da Justiça

andre_estadao-conteudo

do UOL, em São Paulo

O Ministério da Justiça afirmou, por meio de nota, que nenhuma medida do Plano Nacional de Segurança vai beneficiar presos provisórios da Operação Lava Jato.

“O Plano Nacional de Segurança não prevê nenhuma medida que possa beneficiar presos provisórios pela prática de crimes de corrupção contra a administração pública, inclusive na Operação Lava Jato”, diz o comunicado.

O esclarecimento foi em resposta ao coordenador da força-tarefa da Lava Jato pelo Ministério Público Federal, Deltan Dallagnol, que publicou, nas redes sociais, que a “medida anunciada pelo ministro da Justiça pode colocar os presos da Lava Jato em liberdade. Todos!”.

Ele se referiu ao anúncio ocorrido na última sexta-feira (6) da realização de mutirão de audiências de custódia de presos provisórios para definir se eles devem aguardar julgamento em liberdade ou não. “No Amazonas, onde ocorreu a barbárie de domingo, 56 [de cada 100 presos] são provisórios. Temos que verificar se todos aqueles que estão nos presídios precisam estar”, declarou o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.

“A realização de ‘força-tarefa’ de defensores públicos e a sugestão para mutirões de audiência de custódia, expressamente, excluem a aplicação para porte ilegal de arma e crimes de corrupção (por exemplo: concussão, peculato, corrupção passiva e ativa, etc)”, esclarece a nota.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*