Fiep pede que eleitor “vote bem” | Fábio Campana

Fiep pede que
eleitor “vote bem”

gilmar-mendes

Voltada às eleições municipais, a Fiep lança nesta sexta-feira (22) a campanha Vote Bem com palestra do presidente do TSE, Gilmar Mendes, às 19h, em Curitiba. Mendes falará sobre defeitos e virtudes do atual processo eleitoral. A campanha pretende a conscientização política, a reflexão sobre o voto responsável e vai chamar a atenção sobre a importância do voto criterioso, com o máximo de informação possível. Com informações d’O Paraná.

Também vai destacar a necessidade do acompanhamento da atuação dos eleitos, por meio do monitoramento das ações e de indicadores do município, além de cobrar uma eficiente aplicação dos recursos públicos.

O presidente da Fiep, Edson Campagnolo, o voto é a principal ferramenta em uma democracia para influenciar nos rumos de sua cidade, seu estado ou seu país. “É pelo voto que escolhemos aqueles que vão representar nossos interesses nos poderes executivo e legislativo. É fundamental que o eleitor vote de forma consciente, escolhendo candidatos realmente comprometidos com os anseios da comunidade”, diz.

“E além de votar bem, todas as pessoas devem participar mais ativamente da vida política, acompanhando os mandatos dos eleitos,
fiscalizando as suas ações e cobrando uma gestão pública ética e eficiente”, ressalta Campagnolo.

Para impulsionar a campanha, todos os conteúdos e peças de divulgação poderão ser utilizados por qualquer pessoa ou instituição interessada. O Vote Bem já conta com mais de 30 instituições parceiras, incluindo entidades representativas do setor produtivo e de classe, universidades, entidades religiosas e instituições públicas.

(foto: STF)


2 comentários

  1. Justo
    terça-feira, 19 de julho de 2016 – 14:47 hs

    A FIEP tem que se preocupar em ajudar que alguns empresários paguem os seus impostos que estão em pendência, quem sabe melhores as condições dos Estados em atender seus cidadãos, primeiro olhem em si para depois falar dos outros, brincadeira.

  2. Igor
    terça-feira, 19 de julho de 2016 – 14:52 hs

    Pena no Brasil as urnas serem fraudadas, o povo idiota vota em josé mas quem se elege é joão !! Como disse certa vez J. Stalin : ” Quem vota não decide nada, quem conta o voto é quem decide !” …sem mais…….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*