Brasil perdoa US$ 900 milhões em dívidas de países africanos

BBC Brasil

O governo brasileiro anunciou que vai cancelar ou renegociar cerca de US$ 900 milhões em dívidas de países africanos, em uma tentativa de estreitar as relações econômicas com o continente.

Entre os 12 países beneficiados estão o Congo-Brazzaville, que tem a maior dívida com o Brasil – cerca de US$ 350 milhões, Tanzânia (US$ 237 milhões) e Zâmbia (US$113 milhões). As transações econômicas entre Brasil e África quintuplicaram na última década, chegando a mais de 26 bilhões no ano passado.


18 comentários

  1. OCIMAR
    domingo, 26 de maio de 2013 – 15:24 hs

    SE VOCÊ DEIXA DE DECLARAR QUALQUER VALOR POR MAIS PEQUENO QUE SEJA,VOCÊ É PUNIDO PELA RECEITA FEDERAL,AÍ VEM ESSE GOVERNINHO FDP E FICA PERDOANDO DÍVIDAS,É O FIM,BRASIL,JÁ ERA.

  2. Anotem aí
    domingo, 26 de maio de 2013 – 15:59 hs

    “O ladrão chegou, de arma em punho, e disse:

    – Give me the phone.

    Perguntei:

    – Por que tá me assaltando em inglês?

    Ele respondeu:

    – Tô treinando pra copa.

  3. domingo, 26 de maio de 2013 – 18:21 hs

    Já com o Lula e agora com a Dilma,eles sao generosos,com outros países,perdoando as dividas.Na África,ena Amarica Latina. Tudo para os outros e nada para nos,como fossemos um pais sem problemas e tudo estava.certo.OMaior responsável pela,morte e drogas no Brasil,sao os amigos do nosso Governo, FARCS. VENEZUELA!BOLIVIA E PARAGUAI,nao se fecham fronteiras,para que??,sustentar estes governos,senão assumem pessoas de bem,mas o Brasil,vizinho destes países, estamos drogando dia a dia os jovens,e estamos com a mortalidade superior a um PAIS EM GUERRA!!!

  4. Parreiras Rodrigues
    domingo, 26 de maio de 2013 – 18:52 hs

    Ai a OAS, Odebrecht e Camargo Correia vão lá empreitar rodovias, Lula ganha mais títulos de dr. horroris causae, simpatia prá ser dirigente da ONu, essas coisas….

  5. domingo, 26 de maio de 2013 – 19:31 hs

    Os governos petistas têm a mania de cancelar ou perdoar as dívidas contraídas por determinadas nações. Querem beneficiar pessoas que nem sequer conhecemos em prejuízo do povo brasileiro. Seria até de se considerar tal atitude se o País estivesse livre da corrupção que assola cada vez mais tanto no Executivo quanto no Legislatibvo. Se tivéssemos uma estrutura de saúde que funcionasse para atender ao povo sofrido e oprimido pela falta de assistência médica; se a segurança pública tivesse índices de aprimoramento com material humano e recursos financero, para dar a devida segurança a quem precisa; se não houvesse tantos problemas de desabamentos, pessoas perdendo casas e utensílios, além das próprias vidas porque os governos estaduais e federal só prometem soluionaer esses problemas após o acontecido. e uma inflação que só não existe da cabeça da nossa Presidente. etc.etc..

  6. Mr.Scrooge
    domingo, 26 de maio de 2013 – 20:29 hs

    Quem dá aos pobres empresta a Deus.

  7. marcio jos nunes nantes
    domingo, 26 de maio de 2013 – 20:47 hs

    PERDOAR DIVIDAS DOS CONTRIBUIENTES NAO PERDOA,
    APERTA A FISCALIZAÇAO, TEM UM RECEITA QUE SÓ QUER ARRECADAR., MULTA DE 100%,MULTA 150%AÇAO CRIMINAL..

    PERDOAR DIVIDAS DE MUTUARIOS QUE SE SACRIFICAM E PERDEM SUAS CASAS , ISSO NAO ACONTECE

    AGORA PERDOAR DIVIDAS DA BOLIIVA, PAISES AFRICANOS, PODE, PODE

    ETA GOVERNINHO DE M.

  8. domingo, 26 de maio de 2013 – 23:54 hs

    NAO VOTE EM NELES NUMCA MAIS!

  9. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 27 de maio de 2013 – 8:17 hs

    Enquanto isso,
    Temos a mais alta carga tributária do sul do mundo.

  10. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 27 de maio de 2013 – 10:36 hs

    Mais,

    para “fechar” as contas do governo,
    Estão avançando nas receitas futuras da Itaipu.

    Do mesmo modo, Beto Richa, acaba de fazer passar a Lei que autoriza a aglutinação das Contas do Estado.

    É uma especie de “pirâmide”. Arapuca fiananceira, disfarçada de bom negócio.

    Amanhã, quando o Estado não tiver os recursos para honrar os pagamentos, farão uma nova Lei, alongando os prazos…

    Já vimos esse filme, vou contar:

    Quando da reformulação do Sistema de Aposentadoria do Estado, 1965, a Lei exigia a contrapartida do empregador, ou seja, o Funcionário contribuiria com uma parte, e o patrão (Estado) pagaria outra parte.

    Pois é, no início dos anos 1980, sob o mesmo argumento de agora, eliminaram a contribuição do Empregador.

    O resultado foi desastroso.
    Faliu a SISTEMA de aposentadorias,
    Forçando o aumento do tempo de contribuição, REDUÇÃO dos valores dos benefícios e a penúria do Atendimento Médico aos Servidores.

  11. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 27 de maio de 2013 – 10:43 hs

    Continuando,

    Governos: Federal, Estaduais e Municipais,
    Estão comprometendo Receitas Futuras, como, de resto, as pessoas físicas INCORPORAM os valores do Cheque Especial e do Cartão de Crédito aos salários.

    Nos primeiros meses, tudo bem, dá para levar.

    Em pouco tempo, entretanto, vira “bola de neve”, atropelando o incauto.

  12. guri de palmas
    segunda-feira, 27 de maio de 2013 – 12:06 hs

    Dá pena de ver o que estes desinformados escrevem no seu blog.
    Esta é a última vez que leio este blog.
    O local de debate virou um local de gritaria contra o sistema.
    Perdoar dívidas externas é mais comum do que se imagina.
    Deixar certas dívidas em nossos ativos somente serve para mascarar situações.
    As dívidas não honradas pelos países que nos “devem” no decorrer da história não são pagas nunca.
    Então o mais correto é “perdoa-las” e conquistar mais um país aliado aos nossos interesses de maneira geral.
    Isto não é pr´rpio do governo do PT, é próprio de todos os governos serios e inteligentes

  13. QUESTIONADOR
    segunda-feira, 27 de maio de 2013 – 12:34 hs

    -O Brasil não se dá ao respeito mesmo…primeiro foi perder a refinaria de petróleo na Bolívia, depois emprestar dinheiro para Cuba e agora perdoar dívidas dos africanos….é de cair o c…da bu…!!!!
    -Então que os africanos nos paguem com ouro e diamantes….bando de caloteiros…é isso o que dá fazer negócio com pobre….só resta o calote….

  14. Pedro de Jesus Colaço
    segunda-feira, 27 de maio de 2013 – 12:34 hs

    Isso é muito interessante. Até parece que o Brasil é um país muito rico, sem problemas como o de favelas onde traficantes dão as ordens, onde a segurança dos cidadãos é um sucesso, sobretudo no Rio de Janeiro e São Paulo. Na realidade, no Brasil, todos sabemos, existe quem paga tributos (e quanto…), quem sonega e quem gasta (Governo). Com esse dinheiro daria para fazer muito em saneamento básico nas favelas, onde córregos fétidos, escoadouros de fezes e lixos, infestados de ratos, etc, passam ao lado da “cama” de crianças e adolescentes (e o ECA?). Daria para fazer muito na prevenção e no combate ao crack, assunto extremamente sério nas áreas da saúde e segurança, do qual muito se fala e muito pouco se faz. O Governo Brasileiro está perdoando a dívida desses Governos de lá, não do povo paupérrimo daqueles países, que certamente nem saberá disso e tampouco será beneficiado com esse “ato de caridade oficial”. Perdoar dívidas oficiais com Governos estrangeiros, para beneficiar transações comerciais privadas, contraria regras inerentes à sensatez.

  15. Pedro Rocha
    segunda-feira, 27 de maio de 2013 – 14:09 hs

    Em 2001, por um descuido contábil o PIS/COFINS não foi pago! – Era uma merréca, mesmo pra época: cerca de R$ 200,00.
    Alguns meses atrás bateu o Oficial de Justiça: TÁ EM MAIS DE R$ 30 MIL REAIS.
    Vou mandar o próximo que bater lá cobrando, cobrar lá na África, dos amigos do lulla e da dilma!
    Nada vai adiantar, pois lá no escritório o mais moreninho sou eu; branco como um leite, portanto…

  16. sergio silvestre
    segunda-feira, 27 de maio de 2013 – 14:30 hs

    Ou dá para o povo pobre africano ou dá para os politicos.

  17. naira aversa
    domingo, 9 de junho de 2013 – 11:38 hs

    definitivamente esse governo nao e nunca sera meu representante nunca votei no pt nao e so a dilma o lula tambem perdoou outros paises e mania de grandeza aparecer nobre para o exterior e maltrata aqui a população com hospitais sem condiçoes nenhuma de salvar ou atender um paciente, a segurança precaria de arams,carros, preparo fisico e mental dos policiais gente vamos pra rua exigir nossos impostos para serem bem aplicados nao consultarao nos os donos desses 900 milhoes se queremos perdoar como pode acontecer e nos ficamos calados devriamos ir pra rua ate desistirem desse perdao.me ajudam ai.

  18. eduardo giannini
    quinta-feira, 25 de julho de 2013 – 13:58 hs

    quanto sera que o lula e a dilma raceberam de comissão para esta ¨caridade¨?

Deixe seu comentário: