Religião não define caráter

Campanha da Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos que foi proibida de circular nos ônibus de Porto Alegre, agora ganhou as ruas:

” Somos todos ateus com os deuses dos outros”.


14 comentários

  1. Gilberto
    terça-feira, 26 de julho de 2011 – 10:30 hs

    Não sou ateu, mas dou meu apoio a campanha, a religião não garante o caráter da pessoa. Ela serve para apoiar as pessoas que querem ter um caráter honesto, mas vemos no meio das religiões muita gente desonesta. Além disso estamos em um Estado Laico, da mesma forma que os religiosos podem manifestar sua crença os ateus também tem o direito de manifestar a deles.

  2. HENRY
    terça-feira, 26 de julho de 2011 – 10:38 hs

    ISSO É NÃO TER DO QUE SE OCUPAR, OU NÃO TER O QUE FAZER.

  3. Ed
    terça-feira, 26 de julho de 2011 – 11:39 hs

    Cada um procura os argumentos que lhe são favoráveis! Agora, eu pergunto: por que os ateus ao invés de colocar a figura do Chaplin não colocaram a figura do Stalim, que também era ateu e matou mais de dez milhões de soviéticos (seu próprio povo)? O Stalim ficaria muito bem ao lado do Hitler, aí nesse Out-door!

  4. Artur Barz
    terça-feira, 26 de julho de 2011 – 12:02 hs

    Religião é algo a q não oculpar…É renunciar a razão em nome de um consolo metafisico.

  5. Manoel
    terça-feira, 26 de julho de 2011 – 12:36 hs

    Acho louvável a iniciativa da organização. Liberdade de expressão e credo devem englobar toda e qualquer ideologia. Somos bombardeados de diversas influencias religiosas em todos os meios de comunicação e essa liberdade deve ser estendida a todos. Várias pessoas ligam o ateísmo a falta de caráter e coisas do gênero. Essa visão é completamente errônea e preconceituosa. Sou ateu, não acredito em Deus, mas procuro levar minha vida com preceitos éticos e de respeitos por todos.

  6. Fernando
    terça-feira, 26 de julho de 2011 – 12:53 hs

    Perfeita a campanha. Deus é só uma invensão do homem, que na dor de se sentir só no universo, criou uma figura que lhe protege, oprime e finalmente salva no descanso eterno.
    Bullshit…

  7. FERNANDO JOSÉ SANTILIO
    terça-feira, 26 de julho de 2011 – 14:06 hs

    RELIGIÃO NÃO MUDA CARATER, MAS MELHORA AS PESSOAS, TRAZ PAZ E LIBERTAÇÃO DOS MALES DO MUNDO, DAS DROGAS, DO ALCOLISMO, DAS BRIGAS DE FAMILIA, DAS SEPARAÇÕES E DEMAIS. QUEM NÃO ACREDITA EM DEUS, PENSE PQ VC EXISTE, QUEM FOI SEU CRIADOR…REFLITA…

  8. Carlos
    terça-feira, 26 de julho de 2011 – 15:01 hs

    Em um país dito democrático, as minorias tem o direito de expressar sua opinião. E nós temos o direito de concordar ou não, conforme nossos princípios, valores, caráter…

  9. tony
    terça-feira, 26 de julho de 2011 – 21:42 hs

    Não sou ateu nem agnóstico, mas por quê proibir campanha nos ônibus? O que motivou este repente de tão falso moralismo? A hipocrisia não se coaduna como nenhuma religião, pelo menos a qual eu pertenço. Tony

  10. ana
    segunda-feira, 1 de agosto de 2011 – 2:15 hs

    sou ateia, professora de filosofia, dou aula numa escola estadual em MG onde minhas colegas rezam todos os dias na sala do professores antes de começar a lecionar. Tenho vontade de gritar que o estado é laico e que rezar dentro de instituiçoes publicas é anti-ético.

  11. Jimmy
    sexta-feira, 20 de abril de 2012 – 4:19 hs

    Boa campanha, não sou ateu, mas não tenho religião, a biblia tem caminhos que se bem interpretados nos levam para o bem (considera-se o melhor de cada um, para cada um), mas se mal interpretados, causam o preconceito, a discriminação, a intolerância…

  12. vera lucia coutinho
    sexta-feira, 25 de janeiro de 2013 – 21:30 hs

    Eu não consigo entender porque as pessoas têm o hábito de relacionar religião com carater. É lógico que religião não define caráter, mas assim como a familia, ela agrega valores que ajudam na formação de uma pessoa. Agora se ela é uma pessoa do bem ou do mal não tem nada a ver com religião.
    É impressionante como que as pessoas cobram de Deus um mundo perfeito e brigam por sua liberdade de escolha. Guerra, fome, pedofilia, assassinatos, são escolhas do homem e que depois vem colocar a culpa em Deus.

  13. marcelo oliveira
    terça-feira, 2 de abril de 2013 – 9:34 hs

    Sempre que vejo comentarios como desta campanha percebo que algumas pessoas precisam justificar os seus pensamentos mesmo sem ser questionados, é claro que religiao não define carater, pois o carater é definido de acordo com o rincipios em que a criança foi criada, e principalmente as escolhas que ela faz durante sua vida. ter carater ou não não tem nada haver com religiao, estamos livres para crer no que quisermos, em Deus, no diabo ou em nada, mas uma coisa não se pode negar a religiao sempre fez um trabalho social indispensavel na sociedade, queria que os ateus tambem desse sua parcela de contribuição para estas pessoas que tanto precisam, vivemos em um estado laico, mas não ateu.

  14. marcelo oliveira
    terça-feira, 2 de abril de 2013 – 9:58 hs

    Se observarmos a religiao como disse Lactâncio (século III e IV d.C.) afirma que o termo vem de religare, religar, argumentando que a religião é um laço de piedade que serve para religar os seres humanos a Deus, somente desta maneira uma religiao verdadeira é capaz de transformar o ser humano, mesmo que este esteja perdido como disse Jesus: “Eu vim para os doentes”
    Stalim era ateu no entanto não parecia nem um pouco com Chaplin, estava mais para Hitler, no entanto ninguem se refere o fato de Stalim ser ateu e ter matado mais de dez milhoes de soviéticos.
    religiao nenhuma pode religar o homem com Deus somente o Senhor Jesus

Deixe seu comentário: