MEC banca propaganda em defesa de Haddad

da Folha.com

O Ministério da Educação decidiu veicular duas campanhas publicitárias de rádio e TV, ao custo total de R$ 396,9 mil, para rebater críticas recentes à pasta, informa reportagem de João Carlos Magalhães e Larissa Guimarães, publicada na Folha desta quinta-feira.

Os episódios tiveram origem em duas reportagens da “TV Globo” e atingiram a imagem do ministro Fernando Haddad, pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PT. O MEC diz que as peças não têm o objetivo de promovê-lo politicamente.

Reportagem da Folha de segunda-feira (25) mostra que o ministro irá iniciar em agosto sua agenda de pré-candidato. Sem se afastar do ministério, Haddad decidiu concentrar atividades nos finais de semana na capital.

Na semana passada, o ministro comunicou oficialmente a presidente Dilma Rousseff que é pré-candidato.


Um comentário

  1. SILVIO
    sexta-feira, 29 de julho de 2011 – 8:50 hs

    Dúvido que os Paulistas entreguem a Prefeitura de São Paulo para este incompetente, DUVIDO.

Deixe seu comentário: