Dois trabalhadores da Sanepar encontrados mortos

Dois trabalhadores da Sanepar foram encontrados mortos na estação de tratamento de Guarapuava ontem. Cairam dentro da estação. Os mortos são Altair Ribas Jr e Silvio de Souza Queiroz, que eram funcionários de carreira da Sanepar.

Ainda não se sabe como ocorreu o acidente.Sindicalistas estão revoltados pois a direção da Sanepar nunca quis negociar clausulas de proteção a saude e segurança no trabalho durante as negociações coletivas. A nota dos trabalhadores está no Leia Mais

NOTA

É com profundo pesar que noticiamos o falecimento de Altair Ribas Junior, 31 anos e Silvio de Souza Queiroz, 53 anos, ambos funcionários da Sanepar Guarapuava. Eles faleceram ontem (24/08), enquanto trabalhavam numa Estação de Tratamento de Esgoto.
Os corpos estão sendo velados na capela mortuária municipal Santa Cruz e o enterro está marcado para hoje as 17hr. A Sanepar de Guarapuava está em luto e suspendeu suas atividades no dia de hoje, mantendo apenas os serviços essenciais.
Nossos sentimemos as famílias enlutadas e a todos os colegas que certamente sentirão saudades. Que o Bom Deus os acolha e lhes conceba o descanso e paz.


14 comentários

  1. quarta-feira, 25 de agosto de 2010 – 13:55 hs

    Chegou a hora da Empresa provar por que não negociava com o sindicato as políticas de Segurança do Trabalho!!!!!!

  2. quarta-feira, 25 de agosto de 2010 – 14:21 hs

    `´E lamentável, termos que conviver com este tipo de noticia.Espero um dia ainda ver que empresas levem mais á sério a segurança do trabalho e não apenas como custos á mais .
    Meus mais sinceros sentimantos á familia e seus colegas que com certeza sentem com tudo isso

  3. Duval Simões Araújo-Londrina
    quarta-feira, 25 de agosto de 2010 – 14:46 hs

    Esse é o governo Requião/Pessuti que quer ficar mandando no Paraná através do fraco e indeciso Osmar Dias.

  4. ERMINIO FERRIRA SANT´ANA
    quarta-feira, 25 de agosto de 2010 – 15:46 hs

    COMO CIDADÃO COMO SINDICALISTA E COMO TEC DE SEG.EU JAMAIS POSSO ADIMITIR QUE EM DIAS DE HOJE COMPANHEIROS ESTEJAM PERDENDO A VIDA POR IRRESPONSABILIDADE DE ALGUMAS EMPRESAS QUE SEQUER TEEM CORAGEN DE PROTEGER SEUS TRAB COMO SE FESSE MUITO COMPRIR COM SUAS OBRIGAÇÕES.

  5. Guarapuavana
    quarta-feira, 25 de agosto de 2010 – 15:56 hs

    Olha pessoal, meu pai era colega de trabalho das pessoas que faleceram, e eu, amiga de um deles. Realmente isso foi uma fatalidade, sexta-feira ultima (20/08), os trabalhadores tiveram um curso de seguranca no trabalho, e a SANEPAR sempre investiu nesses cursos. Acredita-se que uma das pessoas que perdeu a vida desceu apenas para ver a situacao da ETA (estacao de esgoto), passando mal logo em seguida, quando seu colega foi ajuda-lo, onde acabou por passar mal tambem, e ambos vieram a falecer. A area estava com o indice de gas metano acima do normal, e essa foi a possivel causa da morte segundo o IML de guarapuava. As familias estao recebendo todo o apoio possivel, e todos os demais empregados da empresa tambem estao prestando a ajuda cabivel nesse momento de perda.

  6. FISCAL DE REALEZA
    quarta-feira, 25 de agosto de 2010 – 20:47 hs

    O QUE DIRIAM VOCEIS QUANDO EM 1997 EM REALEZA MOREU UM GRANDE AMIGO MEU DENTRO DE UMA ESTÂO DE AGUA E FOI CULPA DO LERNER NÂO GENTE SEMPRE FALTOU TREINAMENTO ADEQUADO PARA FUNCIONARIOS QUE TRABALHAM EM
    MANUTENÇÂO

    NÂO VAMOS FAZER POLITICA EM CIMA DA DOR DESSAS FAMILIAS QUE ESTÂO CHORANDO A DOR
    ISSO NÂO É POLITICA ISSO É POLITICAJEM SUJA E NOJENTA

  7. urtigao
    quarta-feira, 25 de agosto de 2010 – 21:39 hs

    ME ADIMIRA voces querendo tirar vantagem da situacao nao sabem a dor das familias e familiares e deveriam procurar saber mais a respeito das noticias.
    nao queiram envolver politica com as mortes na sanepar esta empresa cumpre com as normas e libera para todos que necessitam os epi’s e epc’s e’ uma empresa seria tanto que tem engenheiros e tecnicos em seguranca se algo deu errado isto devera ser investigado
    se quiserem falar mal do osmar dias ou do richa nao usem um fato desses para fazer
    deixo aqui minha indignacao com esse pessoal sem escrupulos
    e nojentos que acham que entendem de politica
    tem BABACA PRA TUDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    meus pesames as familias dos mortos!

  8. Luiz B. POrfirio
    quinta-feira, 26 de agosto de 2010 – 11:01 hs

    Me desculpe os Oportunistas de Plantão !

    Mas o momento é esse sim, estamos diante da Eleição mais importantes do Pais, a Segurança e Saude do Trabalhador tem sua oportunidade de mudar esta realidade, não da para falar em segurança e saúde do trabalhador sem representãntes politicas comprometido com os trabalhadores. Ou falamos agora e mostramos para a sociedade a Importância e o valor de cada voto dos trabalhadores ou vamos continuar assistindo a morte e doenas de milhjões de trabalhadores. temos o dever de esclarecer aos trabalhadores para não vender seu voto. Hoje não precisamos de Leis de Proteção, basta cumprir o que já existe.

    A Segurança e Saude dos Trabalhadores é questão de Politica, seja, da Empresa ou do Governo.

    Só para lembrar !!!!

    O gorverno de Fernado Fenrique Distruiu as Escolas Publicas, a Saude e Segurança,ou seja, o Tripé da nossa Sociedade.

  9. Adir de Souza
    quinta-feira, 26 de agosto de 2010 – 12:17 hs

    URTIGÃO Parabens faço minha suas palavras, este tema das condições de trabalho é coisa séria, e a luta do sindicatos e centrais sindicais no MUNDO neste área tem acontecido um debate muito grande.

    Porque são milhares de trabalhadores que morrem trabalhando em nosso pais e milhares que adoecem que são amputados, e alem da dor no ceio da familia trabalhadora, custa muito a todos nos brasilieiros.

    O que precisamos é politicas Públicas em todas as esferas, muncipal, estadual e federal, que ainda não existe.

    E estamos debatendo e este tema em varios ciclos de debates com os atores sociais e o proximo será dia 3 de setembro em Foz do Iguaçu terra do Fábio Campana e do Samek tambem para ninguem ficar bravo

  10. ERMINIO FERRIRA SANT´ANA
    quinta-feira, 26 de agosto de 2010 – 15:41 hs

    EM MORTE POR ACIDENTE DE TRAB NÃO SE FALA DE POLITICA PARTIDARIA E SE FALA SIM EM POLITICA DE SEG.DO TRABALHO E TRAB CONC. E EQUIPADO NÃO SE ACIDENTA SE AS FATALIDADES EXISTEM DEVEMOS ESTAR ATENTOS,NÃO BASTA FORNECER CURSOS DE SEG, NEM TAMPOUCO EPI E EPC MAS TEM SIM QUE EXIGIR O USO DO MESMO. OU SERÁ QUE A CULPA VAI SER SEMPRE DO TRABALHADOR AFINAL MORTO NÃO FALA..

  11. Xurupita
    sexta-feira, 27 de agosto de 2010 – 14:59 hs

    Como funcionário da sanepar, que vira e mexe tem que passar pelas mesmas situações de trabalho que os dois passaram, eu pergunto a vocês: máscaras, luvas e roupa impermeável apenas, impediriam o afogamento dos dois?

    Porque este tipo de EPI a empresa fornece sim, com o maior prazer do mundo. É barato!

    Agora pergunta se ela fornece cinto paraquedista, se ela fornece tripé com cadeirinha, se ela fornece balão de ar comprimido com máscara, para os peões da empresa? A resposta é óbvia: NÃO! É caro, e colocar tudo isto a disposição do monte de funcionários que se submetem a este trabalho, para chefes e coordenadores, é “mero desperdício”.

    Tá aí… funcionário com EPI vagabundo, deu no que deu… …vamos ver quantos mais vão precisar bater as botas…

  12. Xurupita
    sexta-feira, 27 de agosto de 2010 – 15:02 hs

    E aproveitando: vocês acham que um candidato que quer ganhar a eleição as custas de ameaças (“Ai, os francesinhos vão voltar e ferrar vocês se não votarem em mim…”), bem como seu “comitê”, estão se importando pra segurança dos outros, principalmente dos funcionários “pé-de-macaco”, dos peões?

  13. Isaias
    sexta-feira, 27 de agosto de 2010 – 23:34 hs

    É lamentável que temos que conviver com este tipo de acidente que acontece hoje em dia, parece que a vida cada dia mais que passa tem menos valor, e para uma empresa dona de tantos títulos de qualidade e cheia de pompas e falatório no jornal diálogo quando mostra suas proezas tecnológicas para os demais países vizinhos para quem não conhece acredita que as pessoas que mais carregou esta empresa na costa são tratado e respeitado como tal. É inadmissível uma empresa deste porte ter seus técnicos de segurança para atender uma área que muitos deles tem que viajar até trezentos ou quatrocentos Km, será que essa pessoa conseguirá fazer um bom trabalho! ter técnicos de segurança e cipas só porque a legislação obriga…Com certeza que ainda choraremos por outras pessoas, ou alguém chorará por nós…

  14. Jacko
    sexta-feira, 27 de agosto de 2010 – 23:53 hs

    Olá pessoal em 1983 eu fazia parte da família sanepariana e ví este mesmo episódio acontecer não com dois empregados mais sim com quatro! e eu já imaginava se não houvesse mudança na área de segurança da sanepar com certeza nós passaríamos pelos mesmos problemas outra vez, e aí está o resultado, nunca ví alguém chefiar uma área tão complexa sem ter formação afins, trabalhar,cuidar,preservar vidas tem que amar vidas e não simplesmente galgar degraus politicamente, tem muita razão quando nosso amigo urtigão fez suas declarações.

Deixe seu comentário: